Relato de experiência com crianças surdas na escola pública: a importância estratégica da Língua de Sinais

Imagem de Miniatura
Data
2019-10-01
Autores
Freitas, Marcos Cezar de
Araujo, Nina Rosa Silva de
Orientadores
Tipo
Artigo
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Este artigo analisa fatores que contribuíram para uma bem sucedida transição da educação infantil para o ciclo I do ensino fundamental de uma escola pública, vivenciada por duas crianças surdas. Ambas foram alfabetizadas e aprovadas com resultados satisfatórios. Resultado de estudo etnográfico a análise feita se baseia nas contribuições de Thomas Csordas, Erving Goffman e Annemarie Mol para elucidar como a interação entre professoras e intérpretes da Língua Brasileira de Sinais possibilitou registrar cenas nas quais uma dinâmica inclusiva se estabeleceu. O registro de cenas permitiu coletar interações face a face e uma pedagogia inclusiva foi levada a efeito com estratégias que mostraram a relevância da LIBRAS e a presença singular de um professor surdo no processo.
This article analyzes factors that have contributed to a successful transition from early childhood education to cycle I of elementary school in a public school experienced by two deaf children. Both were literate and approved with satisfactory results. The result of an ethnographic study is based on the contributions of Thomas Csordas, Erving Goffman and Annemarie Mol to elucidate how the interaction between teachers and interpreters of the Brazilian Language of Signals made it possible to record scenes in which an inclusive dynamic was established. The recording of scenes allowed to collect face-to-face interactions and an inclusive pedagogy was carried out with strategies that showed the relevance of LIBRAS and the singular presence of a deaf teacher in the process.
Descrição
Citação
Freitas, Marcos Cezar de; Araujo, Nina Rosa Silva de. Relato de experiência com crianças surdas na escola pública: a importância estratégica da Língua de Sinais. Horizontes, Itatiba, v. 37, 2019. Disponível em: https://doi.org/10.24933/horizontes.v37i0.662. Acesso em: 30 nov. 2021.