Desafios do pós-parto na pandemia do COVID -19 no Brasil: teste piloto de um instrumento online tipo Survey

Imagem de Miniatura
Data
2021-12-13
Autores
Caserta, Gabriely Thays [UNIFESP]
Orientadores
Coca, Kelly Pereira [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Introdução: A COVID-19 é uma infecção respiratória causada pelo novo coronavírus humano SARS-COV-2. Sua ascensão em 2020 ocasionou um problema de saúde pública a nível global, contribuindo para o aumento do número de mortes e acarretando grande impacto econômico. A pandemia, em curso há mais de um ano, afeta a saúde física e mental da população, sendo observado com maior impacto nas mulheres, com ênfase no período pós-parto. Isso se deve ao fato do período de transição para a maternidade ser considerado desafiador e de grande vulnerabilidade para o surgimento de doenças mentais. Com a emergência da covid-19, novas práticas foram adotadas no parto e pós-parto; estas mudanças de rotina do cuidado acarretam maior insegurança, medo e receio nas puérperas. Objetivo: Testar um instrumento online que visa avaliar os níveis de conhecimento, atitudes e práticas maternas relacionadas ao COVID-19, incluindo a percepção e intenção para a vacinação, e suas associações com sintomas depressivos entre mulheres que estão até 6 meses pós-parto. Método: estudo piloto tipo Survey, realizado por meio de questionário on-line, como parte de um projeto maior que envolve outros quatro países: Reino Unido, Tailândia, Coréia e Tawian. A população do estudo incluiu mulheres com até 6 meses pós-parto, com idade entre 18 e 49 anos, capazes de acessar a pesquisa on-line e alfabetizadas. Os critérios de exclusão estabelecidos foram: mães que não estão morando nos países de estudo durante o período da pesquisa, que não têm acesso online e que não são capazes de ler as perguntas. O questionário foi construído na plataforma Google Forms e enviado e-mail e/ou mídias sociais. O estudo foi submetido e aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal de São Paulo. Resultados: A realização do teste piloto validou o instrumento de coleta de dados do estudo e evidenciou pontos importantes para a análise posterior dos dados. Conclusão: Com a realização do estudo piloto, não se evidenciou problemas com o formulário que será aplicado para a coleta de dados do estudo, sua aprovação propiciou o início da aplicação do mesmo de forma integral.
Descrição
Citação
Coleções