Inclusão educacional de crianças com deficiências: notas do chão da escola

Imagem de Miniatura
Data
2019
Autores
de Freitas, Marcos Cezar [UNIFESP]
Jacob, Rosângela Nezeiro da Fonseca
Orientadores
Tipo
Artigo
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
O tema deste artigo é a inclusão de crianças com deficiência na educação pública. O problema de pesquisa apresentado tem origem nos debates sobre a vida escolar inclusiva e diz respeito às situações concretas que foram analisadas no cotidiano de duas escolas. O objetivo principal foi acompanhar o acesso de crianças em cujo registro de matrícula são mencionadas deficiência múltipla ou paralisia cerebral. Desse objetivo, foi organizada a estratégia de observar os diferentes modos de participação e registrar, para análise em detalhes, as cenas em que o acesso não conduziu a uma vida escolar inclusiva e as cenas que, em sentido oposto, revelaram uma dinâmica de participação que resultou em procedimentos inclusivos. Metodologicamente, a coleta de informações, o registro em cadernos de campo e as muitas horas de observação resultaram de etnografias realizadas a partir de 2014 nas escolas públicas identificadas previamente para a pesquisa. Referências antropológicas foram utilizadas. Os principais resultados foram obtidos com inventários de gestos e procedimentos recolhidos em escala microscópica, que indicaram haver dependência entre estratégias inclusivas e abordagens com foco no trabalho pedagógico como um todo e para todos os alunos. Quando a abordagem restringiu-se ao isolamento das crianças para evitar que suas particularidades atrapalhassem os demais, o acesso claramente não ofereceu um modo de participar compatível com uma vida escolar inclusiva. O texto apresenta, em suas conclusões, uma análise sobre as cenas focadas e, com base na pesquisa feita, sustenta que acesso nem sempre resulta em inclusão.
The subject of this article is the inclusion of children with disabilities in public education. The research question originates in the debates about inclusive school life and concerns the tangible situations that were analyzed in the daily life of two schools. The main objective was to follow the access of children in whose enrollment are mentioned as having multiple disabilities and cerebral palsy. The strategy of observing the different modes of participation and recording was organized around this main objective, for detailed analysis, including the scenes in which the access did not lead to actual inclusive school life and the scenes that, in the opposite direction, revealed a dynamic of participation that resulted in inclusive procedures. Methodologically, the collection of information, recorded in field notebooks, and the many hours observation resulted from ethnographies, conducted since 2014 in public schools previously identified for the study. Anthropological references were used. The main results were obtained through inventories of gestures and procedures collected on a microscopic scale, and they indicated that inclusive strategies depend on approaches focusing on the pedagogical work as a whole and for all students. When the approach was limited to isolating children to prevent their particularities from disturbing others, access clearly did not offer a way of joining in the activities compatible with an inclusive school life. The text concludes with an analysis of scenes observed and, based on the study conducted, and argues that access does not always result in inclusion.
Descrição
Citação
FREITAS, Marcos Cezar de; JACOB, Rosângela Nezeiro da Fonseca. Inclusão educacional de crianças com deficiências: notas do chão da escola. Educação e Pesquisa, v. 45, 2019.