Show simple item record

dc.contributor.advisorMoisés, Regina [UNIFESP]
dc.contributor.authorLeite, Lanna
dc.coverage.spatialSão Paulopt_BR
dc.date.accessioned2021-09-17T10:04:48Z
dc.date.available2021-09-17T10:04:48Z
dc.date.issued2021-07-28
dc.identifier.citationLEITE, L. Associação entre o polimorfismo rs9939609 no gene FTO com traços relacionados à obesidade e intolerância à glicose em uma população indígena, os índios Xavante. São Paulo, 2021. 64 p. Dissertação (Mestrado Endocrinologia e Metabologia) – Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2021.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.unifesp.br/handle/11600/61984
dc.description.abstractObjetivo: Variantes comuns no gene FTO (fat mass and obesity-associated gene) têm sido implicadas como locus de suscetibilidade para obesidade e diabetes tipo 2 em diferentes grupos étnicos. No presente estudo examinamos se a variante rs9939609 no gene FTO tem um papel na suscetibilidade à intolerância à glicose e obesidade na população indígena Xavante. Métodos: A população estudada foi composta por 949 Xavante (465 homens) com idades entre 18 e 99 anos, residentes em duas reservas localizadas no Estado de Mato Grosso, região central do Brasil. Os participantes foram submetidos a exame clínico, medidas antropométricas e medidas de glicemia capilar em jejum e 2 horas após carga oral de 75 g de glicose. A variante rs9939609 foi genotipada e realizada regressão logística para testar o efeito aditivo do alelo de risco. Resultados: O alelo menos frequente da variante rs9939609 no gene FTO apresentou uma frequência menor nos Xavante (0,06) do que a observada em outras populações, como europeus, africanos e asiáticos (frequências variando de 0,16 a 0,49). Observou-se associação significante entre a variante e sobrepeso (OR = 1,56; IC 95%: 1,06-2,29, p = 0,02), utilizando um modelo aditivo de herança, ajustado para idade, sexo e considerando a estrutura familiar. Não encontramos associações com obesidade e a maioria das características quantitativas relacionadas à obesidade ou intolerância à glicose (tolerância à glicose diminuída ou diabetes mellitus). Conclusões: A variante rs9939609 no gene FTO foi associada com sobrepeso, mas não com obesidade ou intolerância à glicose entre os índios Xavante. A baixa frequência do alelo A sugere que não é um importante determinante de risco para essas condições na população estudada, destacando a importância de estudos de replicação em populações étnicas diversas.pt_BR
dc.description.abstractObjective: Common variants in fat mass and obesity-associated (FTO) gene have been implicated as a susceptibility locus for obesity and type 2 diabetes in different ethnic groups. Here, in an indigenous population-based study, we examined whether FTO rs9939609 has a role in susceptibility to glucose intolerance and obesity. Methods: The study population comprised 949 full Xavante Indians (465 men) aged 18-99 years, living in two reserves located in Mato Grosso State, central region of Brazil. The participants were submitted to clinical examination, anthropometrical measures and basal and 2-hour post 75g oral glucose load capillary glucose measurements. FTO rs9939609 was genotyped and logistic regression was carried out to test the additive effect of the risk allele. Results: The frequency of the minor allele of the FTO rs9939609 (0.06) was lower in Xavante Indians than observed in other populations such as Europeans, Africans, and East Asians (0.16-0.49). A significant association between the variant and overweight was observed (OR=1.56 (95% CI:1.06-2.29, p=0.02), using an additive model of inheritance, adjusted by age and gender and considering the family structure. We found no associations with obesity and most obesity-related quantitative traits or glucose intolerance (impaired glucose tolerance or diabetes mellitus). Conclusions: The FTO rs9939609 is associated with overweight, but not with obesity or glucose intolerance in Xavante Indians. The low frequency of the A allele suggests that it is not an important risk determinant for these conditions in Xavante Indians, highlighting the importance of replication studies in diverse ethnic populations.en
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)pt_BR
dc.format.extent64 fpt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulopt_BR
dc.rightsAcesso restritopt_BR
dc.subjectFTO genept_BR
dc.subjectObesitypt_BR
dc.subjectGlucose Intolerancept_BR
dc.titleAssociação entre o polimorfismo rs9939609 no gene FTO com traços relacionados à obesidade e intolerância à glicose em uma população indígena, os índios Xavantept_BR
dc.title.alternativeAssociation of fat mass and obesity-associated (FTO) gene rs9939609 with obesity-related traits and glucose intolerance in an indigenous population, the Xavante Indiansen
dc.typeDissertação de mestradopt_BR
dc.contributor.institutionUniversidade Federal de São Paulo - UNIFESPpt_BR
unifesp.campusEscola Paulista de Medicina (EPM)pt_BR
unifesp.graduateProgramMedicina (Endocrinologia e Metabologia)pt_BR
unifesp.knowledgeAreaEndocrinologia e Metabologiapt_BR
unifesp.researchAreaFisiopatologia, etiopatogenia e fisiologiapt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/8065262530788268pt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/6993215095901023pt_BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record