Os editoriais da revista The Economist no ano de 2001: dos atentados terroristas à invasão do Afeganistão

Imagem de Miniatura
Data
2015-11
Autores
Lima, Rayane Caroline Oliveira [UNIFESP]
Orientadores
Oliveira, Flávio Rocha de [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
O presente trabalho tem o foco centralizado em dois grandes temas: a Mídia e a Política. O objetivo proposto, é entender o papel da Mídia nas sociedades modernas e como esta se relaciona a um tema clássico, a Política. Busca entender, também, a dinâmica vigente entre a Mídia e as ações governamentais nas sociedades democráticas, passando por temas como o Poder, a Dominação e a Opinião Pública. Focará especificamente no caso dos Estados Unidos, estudando a forma como esses temas se desenvolvem na sociedade norte-americana e nas ações do governo do país. Este artigo pretende ainda, realizar uma análise dos temas e da dinâmica apresentados em um caso concreto: os Ataques de 11 de Setembro, as reações imediatas, o início da Guerra ao Terror e a Invasão do Afeganistão. Buscará entender como a forma influenciou a Opinião Pública e as ações do governo norte-americano. Para isso, se utilizará de três meses da cobertura destes eventos por parte de uma grande revista, The Economist, que apesar de ser editada em Londres, possui grande circulação em território norte-americano. A partir dessa análise, poderá relacionar os conceitos propostos nos capítulos anteriores às ferramentas concretas utilizadas pela publicação.
This work focuses on two major themes: Media and Politics. The proposed objective is to understand the role of the Media in modern societies and how it relates to a classic theme, Politics. It also seeks to understand the current dynamic between the Media and government actions in democratic societies, covering themes such as Power, Domination and Public Opinion. It will focus specifically on the case of the United States, studying how these themes develop in North American society and in the actions of the country's government. This article also intends to carry out an analysis of the themes and dynamics presented in a specific case: the September 11 attacks, the immediate reactions, the beginning of the War on Terror and the Invasion of Afghanistan. It will seek to understand how form influenced Public Opinion and the actions of the US government. For this, it will use three months of coverage of these events by a major magazine, The Economist, which despite being edited in London, has wide circulation in North American territory. From this analysis, you will be able to relate the concepts proposed in the previous chapters to the concrete tools used by the publication.
Descrição
Citação
Lima, Rayane. Os editoriais da revista The Economist no ano de 2001: dos atentados terroristas à invasão do Afeganistão. 2015.Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Relações Internacionais) - Universidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Política, Economia e Negócios, Osasco, 2015.