Show simple item record

dc.contributor.advisorMoreira, Maria Inês Badaró [UNIFESP]
dc.contributor.authorFerraz, Guilherme Giovanolli [UNIFESP]
dc.coverage.spatialInstituto de Saúde e Sociedade(ISS) - Unifesp/BSpt_BR
dc.date.accessioned2021-07-30T16:08:16Z
dc.date.available2021-07-30T16:08:16Z
dc.date.issued2021-06-25
dc.identifier.citationFERRAZ, Guilherme Giovanolli. Metamorfoseando Raul: música e militância na luta antimanicomial. 2021. 69 f. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Psicologia) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2021.pt
dc.identifier.urihttps://repositorio.unifesp.br/handle/11600/61353
dc.description.abstractEste é um trabalho de conclusão de Curso de Psicologia em que foi realizada uma pesquisa qualitativa que objetiva conhecer a vida e obra do músico brasileiro, e expoente da contracultura no país, Raul Seixas, e sua interface com a luta antimanicomial. Para tanto, propõe-se realizar levantamento bibliográfico sobre os sentidos que suas obras e ações tiveram na cultura brasileira, especialmente em um período de forte repressão e censura, a ditadura empresarial-militar de 64, no qual se deu o seu aparecimento midiático, e principalmente apontar influências que tiveram para o campo da saúde mental. A análise de dados foi realizada por meio da leitura dos artigos encontrados online que versam sobre a temática. Encontramos as músicas de Raul Seixas em vários sites e artigos que tratam sobre saúde mental. A utilização das artes e da música, em destaque aqui, é um importante fator para o envolvimento dos usuários dos serviços de saúde mental entre si e com os profissionais de saúde. Esse encontro com formas contra-hegemônicas de cuidado em saúde mental é resultado do amplo movimento de desinstitucionalização e de mudança de paradigmas que ocorreu na área, a partir da segunda metade do século XX, conhecido como reforma psiquiátrica. Através dela, mudou-se e vem mudando constantemente, através de uma luta ininterrupta, o olhar e o tratamento que se tem para com as pessoas em sofrimento psíquico, buscando-se lidar com a concretude das pessoas reais em seus processos singulares e dinâmicos, e colocando em parênteses as abstrações das classificações nosológicas, situação que era invertida à essa, no cuidado em saúde mental, antes da reforma.pt_BR
dc.description.abstractThis is a Psychology course conclusion work in which a qualitative research was carried out that aims to know the life and work of the Brazilian musician, and exponent of the country´s counterculture, Raul Seixas, and his interface with the anti-asylum struggle. For this purpose, it is proposed to carry out a bibliographical survey on the meanings that his works and actions had in Brazilian culture, especially in a period of strong repression and censorship, the military-business dictatorship of 1964, in which his media appearance took place, and mainly to point out influences they had for the field of mental health. Data analysis was performed by reading the articles found online that deal with the topic. We found Raul Seixas songs on several websites and articles dealing with mental health. The use of arts and music, highlighted here, is an important factor for the involvement of users of mental health services among themselves and with health professionals. This encounter with counter-hegemonic forms of mental health care is the result of the broad movement of deinstitutionalization and paradigm shift that took place in the area, from the second half of the 20th century, known as psychiatric reform. Trough it, it has changed and has been constantly changing, through an uninterrupted struggle, the look and treatment that the society has for people in psychological distress, seeking to deal with the concreteness of real people in their unique and dynamic processes, and putting the abstractions of nosological classifications in parentheses, a situation that was reversed to this one, in mental health care, before the reform.en
dc.format.extent69 f.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulopt_BR
dc.rightsAcesso abertopt_BR
dc.subjectLuta antimanicomialpt_BR
dc.subjectReforma psiquiátricapt_BR
dc.subjectMúsicapt_BR
dc.subjectArtept_BR
dc.subjectSaúde mentalpt_BR
dc.titleMetamorfoseando Raul: música e militância na luta antimanicomialpt_BR
dc.title.alternativeMetamorfhosing Raul: music and militancy in the anti-asylum fighten
dc.typeTrabalho de conclusão de curso de graduaçãopt_BR
dc.contributor.institutionUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
unifesp.campusInstituto de Saúde e Sociedade (ISS)pt_BR
unifesp.knowledgeAreaPsicologiapt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/5055841314848699pt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/1186084305231587pt_BR
unifesp.departamentoPolíticas Públicas e Saúde Coletivapt_BR
unifesp.graduacaoPsicologiapt_BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record