Produção de carbonato de cálcio no recife de corais subtropical mais ao sul do Atlântico

Produção de carbonato de cálcio no recife de corais subtropical mais ao sul do Atlântico

Alternative title Calcium carbonate production in the southernmost subtropical coral reef of Atlantic
Author Randi, Caroline Bizarre Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Pereira-Filho, Guilherme Henrique Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Biodiversidade Marinha e Costeira
Abstract Os recifes de corais estão intimamente relacionados ao balanço químico do carbonato de cálcio no ambiente marinho. A manutenção de um recife coralíneo se dá através de eventos acrescivos e erosivos, e a medida da acreção tem sido utilizada como uma das principais métricas para estudar a saúde recifal. Neste trabalho, nós utilizamos estruturas artificiais de colonização (CAUs) para determinar as taxas atuais de acreção e produção de CaCO3 no recife subtropical da Ilha da Queimada Grande (SP, Brasil). Visto que este recife possui um Banco de Rodolitos adjacente a ele, determinamos também a produção de CaCO3 por este banco, no intuito de obter a produção anual total de carbonato no local. O Recife da Queimada Grande (RQG), recoberto principalmente por turfs, tunicados, algas calcárias e briozoários, não apresent ou registro atual de acreção por espécies de corais, assim como tem sido observado em outros recifes do Atlântico Sudoeste. Obtivemos uma taxa de produção total na ilha de 3.7 x 10 7 Gt.yr 1 , provida pelo recife de corais juntamente com o banco de rodolitos. O recife aqui estudado, além de ser um sistema marginal, é atualmente o limite austral de ocorrência de recifes de corais no Oceano Atlântico, e sua produção de CaCO3, apesar de baixa, está dentro do esperado para um recife subtropical nestas condições. Desta produção, 94% corresponde à Calcita Mg , o que demonstra a alta suscetibilidade deste sistema carbonático perante o aumento da acidificação dos oceanos. Como a área marinha da Ilha da Queimada Grande não possui plano de manejo ou proteção eficaz, e o conhecimento sobre o RQG ainda é escasso, é extremamente necessária a obtenção de informações que auxiliem na tomada de decisões e nos esforços de proteção. Os dados aqui apresentados reforçam a urgência da implementação de políticas de proteção e da exponenciação do número de estudos no local.

Coral reefs are closely related to the calcium carbonate chemical balance in the marine environment. The maintenance of a reef system occurs through acresive and erosive events, and the measurement of accretion has been applied as one of the most important metrics to study reef health . In this work, we used artificial colonization structures (CAUs) to determine the current rates of CaCO3 production on the subtropical reef of Queimada Grande Island (Brazil). Since this reef has a n adjacent rhodolith bed , we also determined its CaCO 3 production, obtaining the total annual carbonate production of the site. The Queimada Grande Reef (QGR), covered mainly by turfs, tunicates, calcareous algae and bryozoans, has not showed current record of accretion by corals, jus t as others SWA reefs have shown recently . We obtained a total production rate on the area of 3.7 x 10 7 Gt.yr 1 . The reef studied here, in addition to being a marginal system, is currently the southern limit of coral reefs occurrence in the Atlantic Ocean, and its production of CaCO3 , although low, is within expectations for a subtropical reef in these conditions. The major quantity of this production (~94%) corresponds to Mg Calcite, which demonstrates the high susceptibility of this carbonate system to increasing ocean acidification. As the marine area of QGI does not have an effective management or protection plan, and knowledge of the QGR is still scarce, it is extremely necessary to obtain information to assist in decision making and protection efforts. The data presented here reinforce the urgency of implementing protection policies and increasing the number of studies in this place.
Keywords CaCO3
Bioconstrutores
CAUs
Calcificação
Recife marginal
CaCO3
Bioconstructors
CAUs
Calcification
Marginal reef
Language Portuguese
Date 2020-08-28
Published in RANDI, Caroline Bizarre. Produção de carbonato de cálcio no recife de corais subtropical mais ao sul do Atlântico. 2020. 48 f. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade Marinha e Costeira) - Instituto do Mar, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2020.
Research area Ecologia e Conservação Marinha
Knowledge area Biodiversidade Marinha e Costeira
Publisher Universidade Federal de São Paulo
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/61320

Show full item record




File

Name: Mestrado_CarolineRandi.pdf
Size: 1.263Mb
Format: PDF
Description: Dissertação de Mestrado
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account