Mulheres de ferro, cabo e aço, trabalho dobrado?

Imagem de Miniatura
Data
2017-12-13
Autores
Matsunaga, Letícia Yumy Tabosa [UNIFESP]
Orientadores
Nogueira, Claudia Mazzei [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Esse estudo tem como discussão central a importância dos papéis de gênero na intensificação do trabalho precarizado da mulher, partindo da reflexão de algumas obras de autores (as) que discutem a temática, tais como Antunes, Nogueira, Saffioti, Netto, Gounet, Castro, Mészáros, entre outros (as), articulando com os depoimentos das amarradoras do Porto de Santos (realizado em 2015, na Companhia Docas do Estado de São Paulo – Codesp). Os papéis de gênero acompanham a história da humanidade muito antes do advento do capitalismo, tais diferenças na divisão sociossexual do trabalho e na educação de meninos e meninas, trazem consequências subjetivas e objetivas para o ser social. No capitalismo, as relações de gênero não são diferentes, uma vez que se constituem como relações assimétricas, que perpassam tanto o espaço produtivo, quanto o reprodutivo.
Descrição
Citação
MATSUNAGA, Letícia Yumy Tabosa. Mulheres de ferro, cabo e aço, trabalho dobrado? 2017. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Serviço Social) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2017.
Coleções