Show simple item record

dc.contributor.authorPARRA, Henrique Zoqui Martins
dc.contributor.authorMoraes, Alana
dc.coverage.spatialSão Paulopt_BR
dc.date.accessioned2021-06-08T17:13:40Z
dc.date.available2021-06-08T17:13:40Z
dc.date.issued2020-08-01
dc.identifierhttps://www.sescsp.org.br/files/artigo/c23b1355/8dcc/4d12/8fb7/710c54c6d10b.pdfpt_BR
dc.identifier.citationMORAES, Alana & PARRA, Henrique Z.M. Laboratórios do Comum: experimentações políticas de uma ciência implicada. Revista do Centro de Pesquisa e Formação – SESC/SP, n.10, agosto de 2020. Disponivel em: https://www.sescsp.org.br/files/artigo/c23b1355/8dcc/4d12/8fb7/710c54c6d10b.pdfpt_BR
dc.identifier.issn2448-2773pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.unifesp.br/handle/11600/61037
dc.description.abstractApresentamos uma sistematização provisória e em movimento sobre a experiência do Laboratório do Comum, entendido enquanto prática de uma dupla experimentação, simultaneamente ontoepistêmica e política, dispositivo de pesquisa e intervenção. Apontamos algumas definições que o caracterizam como uma prática de investigação coletiva e produção de conhecimento que se pretende, ao mesmo tempo que situada, produtora de outras possibilidades de modos de existências. Em seguida apresentamos algumas delimitações sobre o Comum, fundamento ontológico e princípio político que orienta as práticas do Laboratório. A partir da experiência de criação do Laboratório do Comum Campos Elíseos (bairro da região central de São Paulo), desenvolvemos reflexões sobre uma ciência aberta e implicada, sobre a passagem de uma política da reivindicação para outra da experimentação, sobre a fabricação de uma comunidade provisória ontoepistêmica habitada por saberes minoritários em relação a um território, sobre a criação de arranjos sociotécnicos e infraestruturas que permitem experimentar um conjunto de práticas e saberes orientados para a criação e sustentação dos Comuns urbanos. O Laboratório do Comum é um espaço de experimentação democrática fundado na cumplicidade entre diferenças, atuando para conferir a devida centralidade ao trabalho de visibilização do terreno sempre pressuposto, e ainda assim oculto, que sustenta toda prática política e também científica: corpos e suas marcas, uma ética do cuidado que cria e sustenta relações.pt_BR
dc.description.sponsorshipNão recebi financiamentopt_BR
dc.format.extent113pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherSESC-SPpt_BR
dc.relation.ispartofRevista do Centro de Pesquisa e Formaçãopt_BR
dc.rightsAcesso abertopt_BR
dc.subjectlaboratório do comumpt_BR
dc.subjectontoepistemologiapt_BR
dc.subjectciência implicadapt_BR
dc.subjectexperiênciapt_BR
dc.subjectarranjo sociotécnicopt_BR
dc.titleLaboratórios do Comum: experimentações políticas de uma ciência implicadapt_BR
dc.title.alternativeLaboratory of the Commons: political experimentations of an implicated sciencept_BR
dc.typeArtigopt_BR
unifesp.campusEscola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH)pt_BR
dc.contributor.authorLatteslattes.cnpq.br/8314245614310718pt_BR
dc.citation.volume1pt_BR
dc.citation.issue10pt_BR
unifesp.departamentoCiências Sociaispt_BR
unifesp.assessoresproreitoriasNão se aplicapt_BR
unifesp.extensaoCoordenadoria de Programas e Projetospt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record