Efeito do exercício aeróbico durante as sessões de hemodiálise na variabilidade da frequência cardíaca e na função ventricular esquerda em pacientes com doença renal crônica

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2010-12-01
Autores
Reboredo, Maycon de Moura
Pinheiro, Bruno do Valle
Neder, Jose Alberto [UNIFESP]
Ávila, Maria Priscila Wermelinger
Ribeiro, Maria Lídia de Borges Araujo e
Mendonça, Adriano Fernandes de
Mello, Mariane Vaz de
Bainha, Ana Clara Cattete
Dondici Filho, José
Paula, Rogério Baumgratz de
Orientadores
Tipo
Artigo
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
INTRODUCTION: Decreased heart rate variability (HRV) in patients with end stage renal disease (ESRD) undergoing hemodialysis is predictive of cardiac death, especially due to sudden death. OBJECTIVE: To evaluate the effects of aerobic training during hemodialysis on HRV and left ventricular function in ESRD patients. METHODS: Twenty two patients were randomized into two groups: exercise (n = 11; 49.6 ± 10.6 years; 4 men) and control (n = 11; 43.5 ± 12.8; 4 men). Patients assigned to the exercise group were submitted to aerobic training, performed during the first two hours of hemodialysis, three times weekly, for 12 weeks. HRV and left ventricular function were assessed by 24 hours Holter monitoring and echocardiography, respectively. RESULTS: After 12 weeks of protocol, no significant differences were observed in time and frequency domains measures of HRV in both groups. The ejection fraction improved non-significantly in exercise group (67.5 ± 12.6% vs. 70.4 ± 12%) and decreased non-significantly in control group (73.6 ± 8.4% vs. 71.4 ± 7.6%). CONCLUSION: A 12-week aerobic training program performed during hemodialysis did not modify HRV and did not significantly improve the left ventricular function.
INTRODUÇÃO: Pacientes com doenca renal crônica (DRC) sob tratamento hemodialítico apresentam diminuicao da variabilidade da frequência cardíaca (VFC) que representa um fator de risco independente para a mortalidade cardíaca, especialmente a morte súbita. OBJETIVO: Avaliar o efeito do exercício aeróbico, realizado durante as sessões de hemodiálise, na VFC e na funcao ventricular esquerda de pacientes portadores de DRC. MÉTODOS: Foram avaliados 22 pacientes randomizados em dois grupos: exercício (n = 11; 49,6 ± 10,6 anos; 4 homens) e controle (n = 11; 43,5 ± 12,8; 4 homens). Os pacientes do grupoexercício foram submetidos a três sessões semanais de exercício aeróbico, realizado nas duas horas iniciais da hemodiálise, durante 12 semanas. Para a análise da VFC e da funcao ventricular esquerda, todos os pacientes foram submetidos aos exames de Holter de 24 horas e ecocardiograma, respectivamente. RESULTADOS: Após 12 semanas de protocolo, nao foi observada diferenca significante em nenhum dos parámetros da VFC nos domínios do tempo e da frequência em ambos os grupos. A fração de ejeção aumentou de modo nao significante nos pacientes do grupo-exercício (67,5 ± 12,6% vs. 70,4 ± 12%) e diminuiu nao significantemente nos pacientes do grupo-controle (73,6 ± 8,4% vs. 71,4 ± 7,6%). CONCLUSÃO: A realizacao de 12 semanas de exercício aeróbico, durante as sessões de hemodiálise, nao modificou a VFC e nao promoveu melhora significante na funcao ventricular esquerda.
Descrição
Citação
Jornal Brasileiro de Nefrologia. Sociedade Brasileira de Nefrologia, v. 32, n. 4, p. 372-379, 2010.
Coleções