Show simple item record

dc.contributor.advisorCazzari, Roberto Bomgiovani [UNIFESP]
dc.contributor.authorSantos, Larissa Carvalho [UNIFESP]
dc.coverage.spatialOsascopt_BR
dc.date.accessioned2021-03-16T22:53:05Z
dc.date.available2021-03-16T22:53:05Z
dc.date.issued2021-02-17
dc.identifier.citationSANTOS, Larissa Carvalho. Determinantes da Inadimplência das Operadoras de Assistência à Saúde em Relação ao Ressarcimento ao SUS. 2021. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Ciências Atuariais) - Escola Paulista de Política, Economia e Negócios, Universidade Federal de São Paulo, 2021.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.unifesp.br/handle/11600/60526
dc.description.abstractTendo em vista a relevância do ressarcimento ao Sistema Único de Saúde (SUS) na realidade das Operadoras de Assistência à Saúde e seus reflexos nos setores públicos e sociais, o presente estudo teve como finalidade identificar quais são os fatores determinantes da inadimplência destas em relação ao ressarcimento citado. Para tanto, foi empregado um modelo logístico considerando como base o Índice de Efetivo pagamento das operadoras ao ressarcimento ao SUS e outras variáveis organizacionais e econômico-financeiras, com as informações fornecidas pela Agência Nacional de Saúde (ANS). Os resultados obtidos indicaram uma situação temerária e de grande implicação social: as Operadoras de Assistência à Saúde de grande porte (acima de 100.000 beneficiários) apresentaram maior probabilidade de inadimplir no ressarcimento junto ao SUS quando comparadas às demais, realçando a dimensão social e econômica associada ao problema.pt_BR
dc.description.abstractConsidering the reimbursement to Sistema Único de Saúde (SUS) relevance in Health Insurers’ context and their reflexes in public and social sectors, this present study aimed to identify which are the determining factors of their debt. The paper was possible through the development of a logistic model considering as basis the Insurers’ Effective Payment Index for the reimbursement to SUS and other organizational, economic and patrimonial variables, with information provided by the Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). The results indicated a worrisome scenario with huge social implications: larger Health Insurers (over 100,000 costumers) were more likely to default in the reimbursement with SUS when compared to the others, highlighting the social and economic dimension associated to the matter.pt_BR
dc.description.sponsorshipNão recebi financiamentopt_BR
dc.format.extent44 f.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulopt_BR
dc.rightsAcesso abertopt_BR
dc.subjectRessarcimento ao SUSpt_BR
dc.subjectOperadoras de Assistência à Saúdept_BR
dc.subjectInadimplência ao SUSpt_BR
dc.subjectReimbursement to SUSpt_BR
dc.subjectHealth Insurerspt_BR
dc.subjectdebt to Sistema Único de Saúdept_BR
dc.titleDeterminantes da Inadimplência das Operadoras de Assistência à Saúde em Relação ao Ressarcimento ao SUSpt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de curso de graduaçãopt_BR
unifesp.campusEscola Paulista de Política, Economia e Negócios (EPPEN)pt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/2995756994352047pt_BR
unifesp.departamentoCiências Atuariaispt_BR
unifesp.graduacaoCiências Atuariaispt_BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record