Revisão Bibliográfica sobre a análise de metais no sedimento do Rio Diana no estuário de Santos (SP)

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2020-11-24
Autores
Ruiz, Arthur da Silva [UNIFESP]
Orientadores
Torres, Ronaldo José [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
A partir de estudos anteriores sobre a região do estuário santista, em níveis altos de Hg, e principalmente uma análise no relatório técnico onde é estudado uma avaliação socioambiental da comunidade caiçara do Rio Diana. É preocupante que toda a dragagem que é feita no porto de Santos pode causar uma dispersão de metais em todo o estuário, desde a região dragada até onde grande parte é depositada, como na Cava Subaquática de Cubatão (Canal Piaçaguera). Não só isso, mas o estuário abrange uma região de polo industrial de Cubatão que tem riscos de despejo de efluente industriais. Para melhor entender isso, uma revisão bibliográfica sobre a região, com foco na “Avaliação socioambiental e proposição de medidas mitigadoras para a comunidade caiçara da Ilha Diana - Santos, SP” está sendo apresentada. Os resultados demonstraram que a concentração de metais estudados (Cádmio (Cd), Cromo (Cr), Cobre (Cu), Níquel (Ni) e Zinco (Zn) e do semimetal (Arsênio (As)) no sedimento do Rio Diana, permaneceram abaixo no nível 2 da resolução do CONAMA 454/2012, e apenas uma amostra de Chumbo (Pb), no ponto amostral 17, passou do nível 1 em classificação salobra, e o semimetal Arsênio (As), em todas as medidas seis amostras do metal Cádmio (Cd) se encontra acima do nível 1 de agua doce. Esses resultados representam baixa toxicidade do ambiente por metais, porém a partir de fenômenos de biomagnificação e bioacumulação esses metais se tornam letais com o tempo.
Based on previous studies on the region of the Santos estuary, in high levels of Hg, and mainly an analysis in the technical report where a socio-environmental assessment of the Caiçara community of Rio Diana is studied. It is worrying that all the dredging that is done in the port of Santos can cause a dispersion of metals throughout the estuary, from the dredged region to where a large part is deposited, as in the Cubatão Underwater Cava (Canal Piaçaguera). Not only that, but the estuary covers an industrial pole region Cubatão which has risks of industrial effluent discharge. For the best understand this, a bibliographic review about the region, focusing on “Evaluation socioenvironmental and proposition of mitigating measures for the caiçara community Diana Island - Santos, SP ”is being presented. The results demonstrated that the concentration of studied metals (Cadmium (Cd), Chromium (Cr), Copper (Cu), Nickel (Ni) and Zinc (Zn) and semimetal (Arsenic (As)) in Diana River sediment, remained below level 2 of the resolution of the CONAMA 454/2012, and only a sample of Lead (Pb), at the sampling point 17, passed level 1 in brackish classification, and the semi-metal Arsenic (As), in all measurements six samples of Cadmium metal (Cd) are above the level 1 of fresh water. These results represent low toxicity of the environment by metals, however from biomagnification phenomena and bioaccumulation these metals become lethal over time.
Descrição
Citação
RUIZ, Arthur da Silva ."Revisão Bibliográfica sobre a análise de metais no sedimento do Rio Diana no estuário de Santos (SP)". 2021. 25f. Trabalho de conclusão de curso de graduação (Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia do Mar) - Instituto do Mar, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2021.