Show simple item record

dc.contributor.advisorDias, Marian Avila De Lima E [UNIFESP]
dc.contributor.authorCarreira, Joao Luiz Cavalcante [UNIFESP]
dc.date.accessioned2021-01-19T16:37:27Z
dc.date.available2021-01-19T16:37:27Z
dc.date.issued2019-08-20
dc.identifierhttps://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=8028222pt
dc.identifier.urihttps://repositorio.unifesp.br/handle/11600/59972
dc.description.abstractThis work has investigated relations between gender rules, heteronormativity and school violence. The main hypothesis is that schools which propose studies and actions about this theme may present less violence episodes. There were analyses upon one public and one private school that propose actions about gender and heteronormativity and one public and one private school that do not propose the subject. It was observed the relationship between the students at the classroom, at the Physical Education classes and also at other school’s environments. Semi structured interviews were made to collect empirical information in order to build an analytic scenery of each school dynamic. From the concepts developed by Critical Theory of Society, it aimed to understand how taboos and gender and sexuality rules were built and rectified in their relations at school and, consequently, with society. The data analysis points that incidence of violence related to gender rules and heteronormativity does not seems to occur. However, the analysis has shown the existence of other violence forms among pairs and on studentteacher relationship. In this way, it was necessary to evoke concepts such as authority, autonomy and (in) discipline to analyze these violence forms. In schools that “gender rules and heteronormativity” themes are developed, it was observed the trendy of do not treat victim as guilty, what occurs at schools which do not develop the theme.en
dc.description.abstractEste trabalho investigou relações entre normas de gênero, heteronormatividade e violência escolar, partindo da hipótese de que nas escolas em que ações sobre esta temática sejam feitas, as relações sejam menos violentas. Foram analisadas uma escola pública e uma privada que propõem ações voltadas às questões de gênero e heteronormatividade e uma escola pública e uma privada que não adotam tais medidas. Observamos as relações entre estudantes nas salas de aula, nas aulas de educação física e espaços escolares, realizamos entrevista semi-estruturada com a equipe gestora e professores/as para coletar dados empíricos a fim de compor um cenário de análise da dinâmica escolar em questão. A partir de conceitos da Teoria Crítica da Sociedade, buscou-se entender como são construídos e retificados tabus e normas acerca da sexualidade e gênero e sua relação com a violência na escola, e, consequentemente, com a sociedade. A análise dos dados apontou que a incidência de violência relacionada a normas de gênero e heteronormatividade parece não ocorrer nas escolas pesquisadas. Observou-se, contudo, a existência de outras formas de violência nas relações entre pares e na relação professor/a-aluno/a. Assim, para analisar estas formas de violência foi necessário resgatar conceitos de autoridade, autonomia e (in) disciplina. Nas escolas em que a temática “normas de gênero e heteronormatividade” é abordada, observou-se a tendência em não culpabilizar a vítima, diferentemente do que ocorre nas escolas que não abordam a temática.pt
dc.format.extent214 p.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rightsAcesso aberto
dc.subjectGenderen
dc.subjectSexualityen
dc.subjectCritical Theory Of Societyen
dc.subjectSchool Violence.en
dc.subjectGêneropt
dc.subjectSexualidadept
dc.subjectViolência Escolarpt
dc.subjectTeoria Crítica Da Sociedadept
dc.titleViolência escolar, normas de gênero e heteronormatividadept
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)pt
dc.identifier.fileJOAO LUIZ CAVALCANTE CARREIRA.pdf
dc.description.sourceDados abertos - Sucupira - Teses e dissertações (2019)
unifesp.campusGuarulhos, Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanaspt
unifesp.graduateProgramEducaçãopt
unifesp.knowledgeAreaEducaçãopt
unifesp.researchAreaEducação: Desigualdade, Diferença E Inclusãopt
dc.audience.educationlevelMestrado


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record