Show simple item record

dc.contributor.advisorMacedo Junior, Antonio [UNIFESP]
dc.contributor.authorAmorim, Luciane Alves Da Rocha [UNIFESP]
dc.date.accessioned2021-01-19T16:37:17Z
dc.date.available2021-01-19T16:37:17Z
dc.date.issued2019-02-28
dc.identifierhttps://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=7709824pt
dc.identifier.urihttps://repositorio.unifesp.br/handle/11600/59946
dc.description.abstractIntroduction: Fetal heart evaluation is comprises of the anatomical and functional examination. Currently, the anatomical study of the fetal heart is well established in the routine of health professionals. However, it is still not consensual which technique is optimal to be applied when evaluating fetal heart function, despite its undeniable importance. In the current literature, there are a tendency to describe the echocardiographic measurements using Z-score equations in pediatric echocardiograms, as they demonstrate greater practicality in establishing the normality or not of the findings. In fetal cardiology, however, the reference values and the Z-score equations are still under development. The objective of this study was to determine the reference values of fetal heart functional measurements at 24 and 34 weeks of gestation and to develop Z-score equations for all measures studied. Method: A single-center, prospective, cross-sectional study with normal fetuses between 24 and 34 weeks of gestation was performed. All pregnant women underwent a comprehensive Doppler echocardiogram with anatomical and functional analysis. Measurements of left and right cardiac output, mitral and tricuspid valves flow, inferior cava vein flow and pulmonary vein flow were made. Shapiro-Wilk test and histogram evaluation were performed on all variables. Linear regression was used to check the relationship between measurements and gestational age. Results: 612 pregnant women with single and normal fetuses were included. We determined the reference values and percentiles of the assessment measures for each gestational age. The variables that were not normally distributed were submitted to logarithmic or square root transformation. It was possible to develop 10 equations of Z score, being the equations of left and right ventricles output dependent on gestational age and the others being independent on gestational age. Conclusion: The present study accumulated a large database, allowing the demonstration of reference values and percentiles, as well as the development of Z score equations to facilitate echocardiographic evaluation of the fetal heart function.en
dc.description.abstractIntrodução: A avaliação cardíaca do feto é composta pelo estudo anatômico e funcional. O estudo anatômico do coração fetal está bem estabelecido na rotina dos profissionais especialistas em cardiologia fetal. No entanto, ainda não há consenso na escolha da técnica a ser utilizada na avaliação da função cardíaca, apesar da sua incontestável importância. Na literatura atual, observamos uma tendência em descrever os valores normais das medidas ecocardiográficas por meio de equações de escore Z no ecocardiograma pediátrico, pois demonstra com mais praticidade a normalidade ou não dos achados. Na cardiologia fetal, a biometria cardíaca e as equações de escore Z ainda estão sendo estabelecidas. Nosso objetivo foi determinar os valores de referência, através do ecodopplercardiograma bidimensional, para 10 tipos de medidas funcionais do coração fetal entre 24 e 34 semanas de gestação e desenvolver as equações de escore Z. Método: Realizou- se um estudo unicêntrico, prospectivo, transversal, com fetos normais entre 24 e 34 semanas de gestação. Todas as gestantes realizaram um ecodopplercardiograma fetal completo. Foram feitas as medidas do débito cardíaco dos ventrículos esquerdo e direito, dos picos das ondas de fluxo das valvas mitral e tricúspide, da veia cava inferior e da veia pulmonar. Realizou-se o teste de Shapiro-Wilk e a avaliação pelo histograma em todas as variáveis. A regressão linear foi utilizada para avaliar a relação entre as medidas funcionais e a idade gestacional. Resultados: Foram incluídas 612 gestantes com fetos únicos e normais. Determinamos os valores de referência e os percentis das medidas estudadas para cada idade gestacional. As variáveis que não apresentaram uma distribuição normal, foram submetidas as funções de transformação logarítmica e de raiz quadrada. Foi possível desenvolver as 10 equações de escore Z, sendo as equações do débito cardíaco dos ventrículos esquerdo e direito dependentes da idade gestacional e as demais geradas independente da idade gestacional. Conclusão: O presente estudo permitiu a demonstração dos valores de referência e dos percentis, além do desenvolvimento de equações de escore Z das 10 medidas funcionais estudadas no coração fetal.pt
dc.format.extent117 p.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rightsAcesso aberto
dc.subjectFetal Hearten
dc.subjectBidimensional Echocardiographyen
dc.subjectReference Values.en
dc.subjectCoração Fetalpt
dc.subjectEcocardiografia Bidimensionalpt
dc.subjectValores De Referência.pt
dc.titleDeterminação da curva de referência das medidas funcionais e dos escores Z no coração de fetos normais por meio do ecodopplercardiograma bidimensionalpt
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)pt
dc.identifier.fileLUCIANE ALVES DA ROCHA AMORIM.pdf
dc.description.sourceDados abertos - Sucupira - Teses e dissertações (2019)
unifesp.campusSão Paulo, Escola Paulista de Medicinapt
unifesp.graduateProgramMedicina (Obstetrícia)pt
unifesp.knowledgeAreaMedicina Fetalpt
unifesp.researchAreaInovação Tecnológica E Novos Procedimentos: Impacto Na Prática Obstétricapt
dc.audience.educationlevelDoutorado


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record