Show simple item record

dc.contributor.advisorNogueira, Paulo Cesar Koch [UNIFESP]
dc.contributor.authorPaz, Isabel De Padua [UNIFESP]
dc.date.accessioned2021-01-19T16:37:07Z
dc.date.available2021-01-19T16:37:07Z
dc.date.issued2019-12-13
dc.identifierhttps://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=8249172pt
dc.identifier.urihttps://repositorio.unifesp.br/handle/11600/59919
dc.description.abstractObjective: To identify the main factors that determine children's access to treatment of chronic kidney disease in Brazil, characterizing access as the age of children and adolescents at the first consultation in the pediatric nephrology facility and the time between referral from the moment of diagnosis suspicion until the first consultation by the pediatric nephrologist. children and adolescents with CKD. Methods: Cross-sectional study of 335 children with chronic kidney disease (estimated glomerular filtration rate less than 60 ml / min / 1.73 m2). Questionnaires were applied to the patients and their caregivers. The questionnaire aimed to collect information on possible factors related to the diagnosis of CKD, as well as the characteristics of referral to the specialist. Results: Among the variables revealed as favorable for early age at the first consultation in the pediatric nephrology facility are the etiology of chronic kidney disease, having private medical insurance, having a high social support MOS-SSS score, having younger mothers and fewer brothers sharing the same household. Regarding the shorter time between referral and care by the specialist, the following variables were revealed: having fewer people sharing the same household, not living in the Northeast region and having social support. Conclusion: There are factors found to be associated with delayed access to specialized treatment that may be modified. It is possible to optimize early diagnosis and treatment of pediatric CKD in our country. Particularly, the essential role of social support for the early occurrence of the two outcomes studied here, should serve as a warning for the need to take this aspect into account in every line of care for children with CKD.en
dc.description.abstractObjetivo: Identificar os principais fatores que determinam o acesso de crianças e adolescentes ao tratamento da doença renal crônica (DRC) no Brasil, entendendo acesso como a idade de crianças e adolescentes na primeira consulta com o serviço de nefrologia pediátrica e o tempo entre o encaminhamento e o atendimento pelo nefrologista pediatra de crianças e adolescentes com DRC. Métodos: Estudo transversal com 335 crianças com DRC (taxa de filtração glomerular estimada menor do que 60 ml/min/1,73 m2). Foram aplicados questionários aos pacientes e seus cuidadores. O questionário visava coletar informações sobre possíveis fatores relacionados ao diagnóstico da DRC, assim como sobre as características do encaminhamento para o especialista. Resultados: Dentre as variáveis reveladas como favoráveis para a idade precoce na primeira consulta com o serviço de nefrologia pediátrica estão a etiologia da DRC, possuir convênio médico, possuir pontuação alta na escala de apoio social MOS-SSS, ter mães mais jovens e menor número de irmãos dividindo o mesmo domicílio. Em relação ao menor tempo entre o encaminhamento e o atendimento pelo especialista, as seguintes variáveis foram reveladas: ter menor número de pessoas dividindo o mesmo domicílio, não morar na região Nordeste e ter apoio social. Conclusão: Há fatores encontrados como associados ao retardo no acesso ao tratamento especializado que podem ser modificados. É possível otimizar o diagnóstico e tratamento precoces da DRC pediátrica em nosso meio. Particularmente, o papel essencial do suporte social para a precocidade dos dois desfechos aqui estudados deveria servir de alerta para a necessidade de se ter em conta esse aspecto em toda linha de cuidado de crianças com DRC.pt
dc.format.extent72 p.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rightsAcesso restrito
dc.subjectChronic Kidney Diseaseen
dc.subjectHealth Care Qualityen
dc.subjectAccess To Health Careen
dc.subjectChilden
dc.subjectSocial Supporten
dc.subjectDoença Renal Crônicapt
dc.subjectQualidade Dos Cuidados De Saúdept
dc.subjectAcesso Aos Cuidados De Saúdept
dc.subjectCriançapt
dc.subjectApoio Socialpt
dc.titleAcesso ao tratamento de doença renal crônica em crianças e adolescentes no Brasil: um desafio de saúde públicapt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)pt
dc.description.sourceDados abertos - Sucupira - Teses e dissertações (2019)
unifesp.campusSão Paulo, Escola Paulista de Medicinapt
unifesp.graduateProgramPediatria e Ciências Aplicadas à Pediatriapt
unifesp.knowledgeAreaPediatria E Ciências Aplicadas À Pediatriapt
unifesp.researchAreaAfecções E Assistência Hospitalar Da Criança Ao Adolescentept
dc.audience.educationlevelMestrado


Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record