Avaliação psicossocial e traços de personalidade em dois tipos de Epilepsia com início na adolescência: Epilepsia do Lobo Temporal Mesial com Esclerose Hipocampal e Epilepsia Mioclônica Juvenil

Avaliação psicossocial e traços de personalidade em dois tipos de Epilepsia com início na adolescência: Epilepsia do Lobo Temporal Mesial com Esclerose Hipocampal e Epilepsia Mioclônica Juvenil

Author Alonso, Neide Barreira Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Yacubian, Elza Marcia Targas Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Neurologia - Neurociências
Abstract In the first study, we aimed to examine the long-term psychosocial trajectory in patients undergoing corticoamygdalohippocampectomy (CAH). Methods: a consecutive and homogeneous series of 120 patients were followed up for five years after CAH. The quality of life (QOL) measured by Epilepsy Surgery Inventory (ESI-55), as well as psychiatric and psychosocial evaluations were performed at baseline and at five years of follow-up. Results: after five years of CAH, a significant improvement in educational level (p=0.004) and employment status (p<0.001) were observed, although retirement (p<0.001) and divorce (p=0.021) rates increased. Engel classification evaluated seizures outcome after CAH. In a long-term follow-up, a tendency to have similar QOL profile was observed between patients Engel classes Ia and Ib (p<0.05). Favorable surgical outcome (Engel class Ia) was related to better psychiatric status (p=0.012). Poor psychosocial adjustment before surgery was the most important predictor of QOL and psychosocial outcome (p<0.05). Patients' trajectory after surgical treatment showed positive effects mainly in those with better seizure outcome. Conclusion: our results emphasized the influence of seizures control to QOL and psychiatric improvement, as well as, regarding baseline psychosocial functioning on postoperative psychosocial adjustment. In the second study, the purpose was to investigate personality characteristics and clinical parameters in two well-defined epilepsies: mesial temporal lobe epilepsy related to hippocampal sclerosis (MTLE-HS) and juvenile myoclonic epilepsy (JME) through NEO- PI-R and NBI standardized instruments. Methods: one-hundred patients undergoing CAH; 100 patients with JME, and 100 control subjects answered NEO-PI-R and NBI personality measures. Clinical parameters such as psychiatric symptoms, seizure frequency, duration of epilepsy, and side of the lesion in MTLE-HS group were investigated. Statistical analysis consisted of the mean and standard deviation of each variable. Student’s t-test, or Fisher exact test were used according to the variable studied. Results: the three groups were within the average range of NEO-PI-R and NBI, although ‘tendencies’ and differences were demonstrated. MTLE-HS and control subjects had a similar profile: low scores in Neuroticism and high in Conscientiousness (r= -0.330; p<0.001/ r= -0.567; p<0.001, respectively) in opposition to what occurred in JME, low in Conscientiousness and high in Neuroticism (r= -0.509; p=0.005). NBI ‘sense of personal destiny’ trait was higher (3.15; p=0.003) in MTLE-HS than in JME and controls. JME ‘law and order’ scores were lower than in the other groups (p=0.024). A tendency towards specific NBI traits differentiates MTLE-HS (Factor 3- unusual ideas) from JME (Factor 1- emotions) groups. Psychiatric symptoms and seizure frequency were correlated with worse scores in NBI and, especially, in Neuroticism domain of NEO-PI-R. Conclusion: specific personality features were linked to each epileptic disease. These findings highlight the importance of considering unique features linked to epilepsy conditions in daily clinical observation to develop support programs.

Este trabalho foi constituído de dois momentos distintos. O primeiro estudo teve por objetivo investigar a qualidade de vida e a trajetória do ponto de vista psicossocial de pacientes submetidos a corticoamígdalohipocampectomia (CAH). Métodos: em uma série consecutiva e homogênea de 120 pacientes foram realizadas a avaliação de qualidade de vida (QV) por meio do questionário Epilepsy Surgery Inventory (ESI-55), avaliação psiquiátrica e uma entrevista semiestruturada para analisar variáveis psicossociais antes da cirurgia, e para efeito de comparação, considerou-se a avaliação de cinco anos após o tratamento cirúrgico. Resultados: após cinco anos de seguimento, verificou-se melhora estatisticamente significante do nível educacional (p=0,004) e de empregabilidade (p<0,001), embora tenha aumentado o número de pacientes aposentados por invalidez (p<0,001) e divorciados (p=0,021). Nos pacientes livres de crises epilépticas, e naqueles cuja classificação de crises após a cirurgia foi Engel classe Ib (crises epilépticas não incapacitantes), foi observada uma tendência a apresentar padrões semelhantes de QV (p<0,005). A longo prazo, os pacientes livres de crises epilépticas apresentaram melhora dos transtornos psiquiátricos (p=0,012). O ajustamento psicossocial empobrecido antes da cirurgia foi o fator preditor mais importante da QV (p<0,05) no seguimento de longo prazo. A trajetória psicossocial dos pacientes mostrou resultados mais positivos naqueles que obtiveram melhor controle das crises epilépticas com o tratamento cirúrgico. Conclusões: nossos resultados enfatizaram que a melhora da QV a longo prazo relaciona-se ao melhor controle das crises epilépticas, bem como à ausência de transtorno psiquiátrico. A influência do ajustamento psicossocial anterior à cirurgia é fundamental na compreensão da trajetória psicossocial dos pacientes a longo prazo, após o tratamento cirúrgico. O segundo estudo teve por objetivo analisar características de personalidade e sua relação com parâmetros clínicos em dois tipos de epilepsia bem definidas, a epilepsia do lobo temporal mesial com esclerose hipocampal (ELTM-EH), um grupo com epilepsia mioclônica juvenil (EMJ) e um grupo controle não pareado da população. Métodos: Cem indivíduos de cada grupo foram avaliados por meio dos instrumentos padronizados: Inventário de personalidade NEO-PI-R e Inventário Neurocomportamental (NBI). As variáveis clínicas, como presença de transtorno psiquiátrico, frequência de crises epilépticas, duração da epilepsia e lado da normatizada para ambos os inventários, entretanto foram encontradas “tendências” e diferenças entre os grupos. Os pacientes com ELTM-EH e os indivíduos do grupo controle apresentaram resultados semelhantes: escores no limite inferior da média no domínio Neuroticismo e no limite superior da média em Conscienciosidade (r= -0,330; p<0,001/ r= -0,567; p<0,001, respectivamente), em oposição ao grupo EMJ, que obteve escores no limite superior da média em Neuroticismo e no limite inferior da média no domínio Conscienciosidade (r= -0,509; p=0,005). A crença na predestinação pessoal, traço medido pelo NBI, foi maior (3,15; p=0,003) no grupo ELTM-EH do que nos outros dois grupos. Baixos escores em hipermoralismo (p=0,024) foram observados no grupo EMJ, quando comparado aos demais. Verificou-se uma tendência à presença de diferentes traços específicos medidos pelo NBI nos grupos ELTM-EH (Fator 3- ideias não usuais) e EMJ (Fator 1-emoções). A presença de transtorno psiquiátrico e a frequência de crises epilépticas estiveram correlacionadas a piores escores no NBI e, principalmente, a níveis mais elevados de Neuroticismo. Conclusão: Traços de personalidade específicos foram associados à ELTM-EH e EMJ, fato que pode contribuir para o desenvolvimento de programas de reabilitação que contemplem essas diferenças individuais associadas a esses dois tipos de epilepsia.
Keywords Epilepsy Surgery
Mesial Temporal Lobe Epilepsy
Personality Features
Psychosocial Evaluation
Epilepsia Mioclônica Juvenil
Traços De Personalidade
Avaliação Psicossocial
Epilepsia Do Lobo Temporal Mesial
Cirurgia De Epilepsia
Language Portuguese
Date 2019-08-29
Research area Investigações Clínicas Em Doenças Neurológicas
Knowledge area Neurologia
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 116 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=8001567
Access rights Closed access
Type Thesis
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/59776

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account