Investigação detalhada da utilidade do teste de sobregarga hídrica em pacientes com glaucoma primário de ângulo aberto: análise prospectiva observacional

Investigação detalhada da utilidade do teste de sobregarga hídrica em pacientes com glaucoma primário de ângulo aberto: análise prospectiva observacional

Author Delgado, Ana Luiza Bassoli Scoralick Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Prata, Tiago Dos Santos Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Oftalmologia e Ciências Visuais
Abstract Goal:Investigate the variation parameters (fluctuation and peak) of intraocular pressure (IOP) of long-term and short-term IOP variation parameters, obtained by the water overload (TSH), and its relationship with functional stage and progression of glaucoma. Methods:A prospective observational study was conducted, divided into four arms, where consecutively included patients treated with primary glaucoma of long-term stable open angle (GPAA) and patients with disease progression newly documented. Individuals with other eye diseases other than previous glaucoma or antiglaucomatous (incisional) surgery. The main criteria for inclusion criteria were: ≥5 visual field tests (VF), ≥3 retinographs / stereophotographs of optical disc and ≥3 years of follow-up, without any changes in the regimen current doctor. Stable GPAA was defined as the absence of progression in the CV (both event analysis as well as trend analysis) and the absence of anatomical changes follow-up. The progression of glaucoma was defined based on criteria structural and / or functional previously described. The long-term parameters were calculated based on isolated IOP measurements for each visit. To assess the short-term IOP parameters, patients underwent TSH standardized. Throughout the four different arms of the study, it was investigated: (1) first the correlation between long-term parameters (peak, fluctuation and average), (2) the agreement between each parameter of long-term IOP with those obtained TSH, (3) the relationship between TSH values ​​and functional damage, in addition to TSH behavior in eyes with asymmetric glaucoma, and finally, (4) the association between IOP variation parameters (both TSH derivatives and long-term) with disease progression.

Objetivo: Investigar os parâmetros de variação (flutuação e pico) da pressão intraocular (PIO) de longo prazo e parâmetros de variação da PIO de curto prazo, obtidos pelo teste de sobrecarga hídrica (TSH), e sua relação com estágio funcional e progressão do glaucoma. Métodos: Foi conduzido um estudo observacional prospectivo, subdividido em quatro braços, onde foram incluídos consecutivamente pacientes tratados com glaucoma primário de ângulo aberto (GPAA) estáveis de longa data e pacientes com progressão da doença recém-documentada. Foram excluídos indivíduos com outras doenças oculares que não o glaucoma ou cirurgia antiglaucomatosa (incisional) prévia. Os principais critérios de inclusão foram: ≥5 testes de campo visual (VF), ≥3 retinografias/estereofotografias de disco óptico e ≥3 anos de acompanhamento, sem quaisquer alterações no regime médico atual. GPAA estável foi definido como ausência de progressão no CV (tanto analise de evento quanto analise de tendência) e ausência de mudanças anatômicas ao longo do seguimento. A progressão do glaucoma foi definida com base em critérios estruturais e/ou funcionais previamente descritos. Os parâmetros de longo prazo foram calculados com base nas medidas isoladas da PIO de cada visita. Para avaliar os parâmetros de PIO de curto prazo, os pacientes foram submetidos ao TSH de forma padronizada. Ao longo dos quatro diferentes braços do estudo, foi investigado: (1) primeiramente a correlação entre parâmetros de longo prazo (pico, flutuação e média), (2) a concordância entre cada parâmetro de PIO de longo prazo com aqueles obtidos pelo TSH, (3) a relação entre valores do TSH e o dano funcional, além do comportamento do TSH em olhos com glaucoma assimétrico, e por fim, (4) a associação entre os parâmetros de variação da PIO (tanto os derivados do TSH quanto os de longo prazo) com a progressão da doença. Resultados: No primeiro estudo, analisando apenas os parâmetros de variação da PIO de longo prazo, houve correlação significativa entre todos os parâmetros analisados (r variou de 0,62 a 0,94), sendo a correção entre a média e o pico da PIO a mais forte delas (r = 0,94; IC95% = 0,92 - 0,97; p < 0,001). No segundo estudo, embora tenham sido documentadas correlações significativas entre cada parâmetro de longo prazo com o seu respectivo parâmetro de curto prazo (TSH), foi verificada uma concordância ruim com base nos limites de concordância fornecidos pela análise do Bland-Altman. Uma diferença ≥ 3mmHg entre o pico da PIO do TSH e o pico da PIO de longo prazo foi encontrada em 50,8% dos olhos, enquanto que 58,7% dos olhos tiveram uma diferença ≥ 3mmHg entre a flutuação da PIO pelo TSH e a flutuação da PIO de longo prazo. Além disso, 39,7% desses olhos com GPAA estável de longa data apresentaram picos da PIO significativos durante o TSH (diferença ≥ 25% entre o pico no TSH e média da PIO de longo prazo). No terceiro estudo, nem os parâmetros de variação da PIO de longo prazo nem aqueles obtidos pelo TSH se correlacionaram significativamente com o nível de dano no campo visual (p ≥ 0,117). No subgrupo com perda de campo visual assimétrica (64 olhos de 32 pacientes), nem os parâmetros de variação da PIO de longo prazo nem os obtidos pelo TSH diferiram significativamente entre olhos com melhor e pior nível de dano funcional (p ≥ 0,400). No quarto estudo, em relação a investigação de fatores associados a progressão do glaucoma (analise de regressão logística), a análise univariada mostrou significância estatística para a idade e índice Mean Deviation (MD) do CV (p < 0,04), permanecendo esse ultimo como a única variável significativa na analise multivariada (OR, 1,11; 95% CI, 1,01 - 1,20; p < 0,01). Nenhum parâmetro de variação pressórica, seja os de longo prazo, seja aqueles obtidos através do TSH, apresentou associação significativa com a progressão da doença (o parâmetro com melhor significância estatística foi a flutuação de LP, com p = 0,10). Por fim, a investigação da capacidade de cada parâmetro em separar corretamente olhos com progressão daqueles sem progressão do dano glaucomatoso revelou valores de área embaixo da curva ROC (do inglês areas under the receiver operating characteristic curves) de 0.51 a 0.59, mostrando um performance ruim tanto para parâmetros de longo prazo quanto para aqueles obtidos pelo TSH. Conclusão: Após a investigação dos diferentes parâmetros de variação da PIO de longo prazo, encontramos uma correlação forte entre eles, sugerindo então que não devam ser investigados nem interpretados como variáveis totalmente isoladas. Investigando a utilidade clinica do TSH, para diferentes situações relacionadas ao manejo do glaucoma, podemos inferir, com base nos nossos dados, que o teste, nessa população estudada, não parece ser uma boa ferramenta para estimar o perfil de variação pressórica de longo prazo, nem justifica seu uso como teste de estresse (apresentou resultados similares em olhos marcadamente assimétrico) e nem como forma de avaliar a estabilidade da doença.
Keywords Open-Angle Glaucoma
Intraocular Pressure / Physiology
Techniques Of Ophthalmic Diagnosis
Overload Test
Glaucoma De Ângulo Aberto
Pressão Intraocular/Fisiologia
Técnicas De Diagnóstico Oftalmológico
Ritmo Circadiano
Teste De Sobrecarga Hibrida
Language Portuguese
Date 2019-09-26
Research area Diagnóstico Funcional E Anatômico Das Células Ganglionares Da Retina
Knowledge area Pesquisa Básica Sobre Fisiopatogenia
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 84 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=8034534
Access rights Open access Open Access
Type Dissertation
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/59667

Show full item record




File

Name: ANA LUIZA BASSOLI SCORALICK DELGADO.pdf
Size: 753.7Kb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account