Show simple item record

dc.contributor.advisorSilva, Sandro Luis Da [UNIFESP]
dc.contributor.authorRocha, Beatriz Silva [UNIFESP]
dc.date.accessioned2021-01-19T16:32:19Z
dc.date.available2021-01-19T16:32:19Z
dc.date.issued2019-02-28
dc.identifierhttps://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=8539568pt
dc.identifier.urihttps://repositorio.unifesp.br/handle/11600/59419
dc.description.abstractThe National High School Examination (ENEM) was created in 1998 and is currently one of the main instruments for the evaluation of Brazilian high school and the selection of candidates for higher education, especially in federal universities, through the Unified Selection System (SISU). Its results are considered as a strategic measure for the promotion and improvement of the quality of education in the country. The exam, consisting of multiple choice questions, evaluates the student's ability to deal with problem situations using different skills and abilities in decision-making. Considering the expanded reach that the test has conquered over the years, this qualitative research examined 5 questions from the Portuguese Language area of the 1998 edition and 5 questions from the 2016 edition of the Language, Codes and Their Technologies of ENEM, from the theoretical-methodological perspective of the French Discourse Analysis, specifically the studies of Dominique Maingueneau (1997, 2004a, 2008a, 2008b, 2012, 2015). It was verified that in the group of the 10 questions of Portuguese Language what discursive competences were required, according to Maingueneau's theory (2004) and analyzed the discursive ethos of the enunciator of the questions. In addition to the discursive ethos and discursive competence, observing the concern of official exam documents with the interdisciplinarity, the objective was to investigate whether, on the same questions, there was an interdisciplinary work. For such investigation, the research anchored in the considerations of Ivani Fazenda (1979/2002). The methodology included the analysis of two official documents, Portaria MEC n° 438, de 28 de Maio de 1998, which establishes the exam in 1998, and Edital n° 10, de 14 de Abril de 2016, which focused on the 2016 edition in order to investigate how ENEM was specifically configured in the 1998 and 2016 editions and whether the questions actually met the specified skills and abilities. The analysis evidenced that the official documents were built under the interdisciplinary precept and privileged the evaluation of different languages. It was verified that the questions of both editions presented interdisciplinarity, and the need of interaction of the discursive competences for the understanding of the base text. In the 1998 edition, a discursive ethos of a less fixed enunciator in relation to 2016 was constituted, marked by the construction of a "teach image" or didactic scenography in the questions. The discursive ethos of the 2016 questions demonstrated a deletion of the enunciator, in favor of an objective and technical tone.en
dc.description.abstractO Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) foi criado em 1998 e, atualmente, é um dos principais instrumentos de avaliação do ensino médio brasileiro e seleção de candidatos para o ensino superior, sobretudo, nas universidades federais, por meio do Sistema de Seleção Unificado (SISU). Seus resultados são considerados como uma medida estratégica para a promoção e melhoria da qualidade da educação no país. A prova, constituída por questões de múltipla-escolha, avalia a capacidade do estudante de lidar com situações-problema utilizando diferentes competências e habilidades na tomada de decisões. Considerando o alcance expandido que a prova conquistou ao longo dos anos, esta pesquisa, de cunho qualitativo, examinou 5 questões da área de Língua Portuguesa da edição de 1998 e 5 questões da edição de 2016 da prova de Linguagens, Códigos e Suas Tecnologias do ENEM, pela perspectiva teórico-metodológica da Análise do Discurso de linha francesa, mais especificamente, os estudos de Dominique Maingueneau (1997; 2004; 2008a, 2008b; 2012; 2015). Verificaram-se no elenco das 10 questões de Língua Portuguesa quais competências discursivas foram requeridas, conforme a teoria de Maingueneau (2004) e analisou-se o ethos discursivo do enunciador das questões. Além do ethos discursivo e da competência discursiva, observando a preocupação de documentos oficiais do exame com a interdisciplinaridade, objetivou-se investigar se, nas mesmas questões, existiu um trabalho interdisciplinar. Para tal investigação, a pesquisa ancorou-se nas considerações de Ivani Fazenda (1979/2002). O caminho metodológico percorreu, ainda, a análise de dois documentos oficiais, a Portaria MEC n° 438, de 28 de Maio de 1998, que institui a prova em 1998, e o Edital n° 10, de 14 de Abril de 2016, que versou sobre a edição de 2016, a fim de investigar como o ENEM foi configurado especificamente nas edições de 1998 e 2016 e se as questões, de fato, atenderam às competências e habilidades especificadas. A análise evidenciou que os documentos oficiais construíram-se sob o preceito interdisciplinar e privilegiaram avaliação de diferentes linguagens. Constatou-se que as questões de ambas as edições apresentaram interdisciplinaridade e a necessidade de interação das competências discursivas para a compreensão do texto-base. Depreendeu-se na edição de 1998 um ethos discursivo do enunciador menos fixo em relação ao de 2016, marcado pela construção de uma cenografia “professoral” ou didática nas questões. O ethos discursivo das questões de 2016 demonstrou um apagamento do enunciador, em prol de um tom objetivo e técnico.pt
dc.format.extent190 p.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rightsAcesso aberto
dc.subjectENEMen
dc.subjectDiscursive Competenceen
dc.subjectDiscursive Ethosen
dc.subjectQuestionsen
dc.subjectENEMpt
dc.subjectCompetência Discursivapt
dc.subjectEthos Discursivopt
dc.subjectQuestõespt
dc.titleExercício de linguagem: o ethos discursivo e a competência discursiva em questões de Língua Portuguesa do ENEM 1998 e 2016pt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)pt
dc.identifier.fileBEATRIZ SILVA ROCHA.pdf
dc.description.sourceDados abertos - Sucupira - Teses e dissertações (2019)
unifesp.campusGuarulhos, Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanaspt
unifesp.graduateProgramLetraspt
unifesp.knowledgeAreaEstudos Linguísticospt
unifesp.researchAreaLinguagem Em Novos Contextospt
dc.audience.educationlevelMestrado


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record