Osteoporose na pós-menopausa: uma visão geral da fisiopatologia, tratamento e prevenção

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2020-10-02
Autores
Rufino, Iasmin Mimoto [UNIFESP]
Orientadores
Telles, Mônica Marques [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
A menopausa é um processo natural do ciclo biológico das mulheres que ocorre a partir da redução dos níveis de hormônios estrogênios, progesterona, inibina A e inibina B. Esta condição de hipoestrogenismo predispõe ao desenvolvimento de outras comorbidades, como doenças cardiovasculares, obesidade, diabetes mellitus, Doença Hepática Gordurosa Não Alcoólica (NAFDL), depressão e osteoporose. A osteoporose é definida como uma desordem esquelética na qual há o comprometimento da força óssea que decorre do desequilíbrio entre as taxas de reabsorção e deposição óssea. Como consequência, há um aumento substancial no risco de fraturas por fragilidade óssea e desencadeamento da cascata fraturaria. Desta forma, o presente estudo teve como objetivo descrever através de revisão bibliográfica, as principais alterações hormonais e fisiológicas decorrentes da menopausa, entender sua influência no desenvolvimento da osteoporose e avaliar as opções terapêuticas para esta doença que afeta cerca de 200 milhões de mulheres em todo o mundo. A partir da revisão bibliográfica realizada, foi possível concluir que, embora exista uma variedade de medicamentos que buscam o aumento da densidade mineral óssea, o seu tratamento dos pacientes deve estar focado na prevenção de fraturas.
Menopause is a natural process in women biological cycle which occurs from the reduction of estrogen and progesterone hormones levels. This hypoestrogenism condition predisposes to development of other comorbidities, such as cardiovascular diseases, obesity, diabetes mellitus, Non-Alcoholic Fatty Liver Disease (NAFDL), depression and osteoporosis. Osteoporosis is defined as a skeletal disorder in which bone strength is compromised due to the unbalance between bone resorption and deposition rates. Consequently, there is a substantial increase in the risk of fractures due to bone fragility and the triggering of fracture cascade. Therefore, this study aimed to describe, through bibliographic review, the main hormonal and physiological changes resulting from menopause, to understand its influence on the development of osteoporosis and to evaluate the therapeutic options for this disease that affects approximately 200 million women worldwide. With this bibliographic review, it was possible to conclude that, although there are a variety of drugs that seek to increase bone mineral density, the treatment of patients must be focused on preventing fractures.
Descrição
Citação
Coleções