Avaliação das alterações cognitivas, saúde mental e qualidade de vida em pacientes adultos com distúrbio respiratório obstrutivo do sono de grau leve

Avaliação das alterações cognitivas, saúde mental e qualidade de vida em pacientes adultos com distúrbio respiratório obstrutivo do sono de grau leve

Alternative title Evaluation of cognitive alterations, mental health and quality of life in adult patients with Sleep Disordered Breathing
Author Klichouvicz, Priscila Calixto Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Poyares, Dalva Lucia Rollemberg Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Psicobiologia
Abstract Introduction: Sleep Disordered Breathing (SDB) can lead to cognitive impairments, mood and can reduce patient´s quality of life. There are different cognitive domains, such as intelligence, memory, attention, language, executive functions, among others. Estimate that cognitive impairment is caused by serious disorders, however, the magnitude of these impairments is not very likely, especially in the mild forms, including Upper Airway Resistance Syndrome (UARS) and Mild Obstructive Sleep Apnea (OSA). Objective: This study aimed to evaluate the cognitive functions, mental health and quality of life in patients with mild SDB. Methods: 52 participants with either genders and with body mass index (BMI) < 35 Kg/m2 were included; between the ages of 25 to 50 years, according to clinical polysomnographic diagnosis of UARS (AHI score < 5 events/hours and RDI score ≥ 5 events/hour with excessive daytime sleepiness (EDS) complaints and Epworth Sleepiness Scale scores (ESS) > 10 and/or the Modified Fatigue Impact Scale scores ≥ 38); Mild OSA (5 events/hour ≤ AHI < 15 events/hour with complains) and control group without diagnosis of Sleep Breathing Disorders and no complains. Participants were allocated into 2 groups: Group 1 – Control group (n = 19) and Group 2 – UARS + mild OSA or mild SDB (n = 33). The evaluations consisted of full-night polysomnography exam (PSG); Epworth Sleepiness Scale (ESS); Pittsburgh Sleep Quality Index (PSQI); Modified Fatigue Impact Scale (MFIS-BR); Functional Outcomes of Sleep Questionnaire (FOSQ); application of cognitive instruments to assess memory, attention, executive functions; application of Beck Depression Inventory; Beck Anxiety Inventory; Lipp`s Stress Symptoms Inventory for Adults (ISSL) and finally anthropometric measurements were also collected. Results: Regarding the sleep structure, it was found that the mild SDB group showed higher proportion of the sleep stage N2 and lower proportion of sleep stage N3 when compared to the control group (p= 0,006, p=0,008, respectively). For the cognitive assessment it was observed that patients with mild Sleep Disordered Breathing had a lower performance in the immediate episodic memory domain (p=0,02) with no significant differences in the other cognitive functions evaluated. The mild SDB group showed an increase in the depressive symptoms and in the fatigue score when compared to control group (p = 0,05, p = 0,007, respectively). Conclusions: Mild SDB may be associated with symptoms of depression, fatigue and changes in sleep structure with reduced slow- wave sleep. Cognitive alteration was observed in the domain of verbal episodic memory, however, in the absence of other changes it may not have relevant clinical significance. Interestingly and contrary to our hypothesis, the UARS group showed more cognitive changes, consistently and significantly when compared to mild OSA group, however UARS and mild OSA group did not differ in relation to symptoms of depression, anxiety, stress, fatigue, impact of sleepiness on quality of life, excessive sleepiness and some sleep parameters.

Introdução: Os Distúrbios Respiratórios Obstrutivos do Sono podem levar a prejuízos cognitivos, de humor e redução na qualidade de vida dos pacientes. Diferentes domínios cognitivos podem ser afetados, tais como inteligência, memória, atenção, linguagem, funções executivas, entre outros. Estima-se que o comprometimento cognitivo aumente com a gravidade do distúrbio, contudo, a magnitude desses prejuízos não se encontra bem estabelecida, especialmente nas formas mais leves, dentre elas, a Síndrome da Resistência de Via Aérea Superior (SRVAS) e a Apnéia Obstrutiva do Sono Leve (AOS). Objetivo: Este estudo objetivou avaliar as funções cognitivas, a saúde mental e a qualidade de vida em pacientes com Distúrbio Respiratório Obstrutivo do Sono de grau leve (DRS leve). Métodos: Foram incluídos 52 participantes de ambos os sexos; com índice de massa corpórea (IMC) < 35 Kg/m2 ; idade entre 25 e 50 anos com diagnóstico clínico e polissonográfico de SRVAS (IAH < 5 eventos/hora e IDR ≥ 5 eventos/hora e com queixa de sonolência diurna excessiva Escala de Epworth > 10 e/ou fadiga Escala Modificada de Impacto da Fadiga ≥ 38); AOS leve: (5 eventos/hora ≤ IAH < 15 eventos/hora com queixas) e grupo controle sem Distúrbios Respiratórios do Sono e sem queixas. Os participantes foram alocados em 2 grupos: Grupo 1 - Controle (n=19) e Grupo 2 - SRVAS + AOS leve ou DRS leve (n=33). As avaliações consistiram em: exame de polissonografia (PSG); Índice de Qualidade de Sono de Pittsburgh – PSQI; Escala de Sonolência de Epworth – ESE; Escala Modificada de Impacto da Fadiga - MFIS-BR; “Functional Outcomes of Sleep Questionnaire” – FOSQ; aplicação de instrumentos cognitivos que avaliam memória, atenção e funções executivas; aplicação do Inventário de Depressão de Beck, do Inventário de Ansiedade de Beck e Inventário de Sintomas de Stress para Adultos de Lipp – ISSL, e, por fim, medidas antropométricas também foram coletadas. Resultados: Em relação à estrutura do sono, verificou-se que o grupo DRS leve apresentou maior proporção do estágio do sono N2 e menor do N3 do que o grupo controle (p= 0,006, p=0,008, respectivamente). Quanto à avaliação cognitiva, observou-se que os pacientes com distúrbio respiratório obstrutivo do sono de grau leve apresentaram desempenho inferior no domínio de memória episódica imediata (p=0,02), não havendo diferença significativa nas demais funções cognitivas avaliadas. O grupo com DRS leve apresentou aumento de sintomas depressivos e do escore de fadiga quando comparado com o grupo controle (p=0,05, p=0,007, respectivamente). Conclusão: O DRS leve pode estar associado a sintomas de depressão e fadiga, e alterações na estrutura do sono com redução do sono de ondas lentas. Foi observada alteração cognitiva no domínio de memória episódica verbal, porém, na ausência de outras alterações, pode não ter repercussão clínica relevante. De maneira interessante e contrária à nossa hipótese, o grupo SRVAS apresentou mais alterações cognitivas, de maneira consistente e significante, quando comparado ao grupo com AOS leve, entretanto SRVAS e AOS leve não diferiram em relação a sintomas de depressão, ansiedade, estresse, fadiga, impacto na qualidade do sono, sonolência excessiva e em alguns parâmetros do sono como LS, LSREM, TTS, ES, N3, REM, WASO, ID, IDR, SpO2 mínima.
Keywords Cognition
Mental health
Quality of Life
UARS
OSA
Fatigue
Sleep
Cognição
Saúde mental
Qualidade de Vida
Síndrome da Resistência de Via Aérea Superior
Apneia Obstrutiva do Sono
Fadiga
Sono
Language Portuguese
Sponsor Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Associação Fundo de Incentivo à Pesquisa (AFIP)
Grant number CAPES: 03410782982
Date 2020-10-22
Published in KLICHOUVICZ, Priscila Calixto. Avaliação das alterações cognitivas, saúde mental e qualidade de vida em pacientes adultos com distúrbio respiratório obstrutivo do sono de grau leve. 2020. 75 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo.
Research area Distúrbios do Sono e suas Consequências
Knowledge area Medicina e Biologia do Sono
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 75 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.xhtml?popup=true&id_trabalho=9432670
Access rights Open access Open Access
Type Dissertation
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/58771

Show full item record




File

Name: 2020 KLICHOUVICZ, PRISCILA CALIXTO.Mestrado.pdf
Size: 1.257Mb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account