Efeitos agudos da ventilação mecânica não invasiva na perfusão tecidual no pós-operatório de cirurgia de revascularização do miocárdio em pacientes com disfunção ventricular esquerda

Efeitos agudos da ventilação mecânica não invasiva na perfusão tecidual no pós-operatório de cirurgia de revascularização do miocárdio em pacientes com disfunção ventricular esquerda

Author Marcondi, Natasha de Oliveira Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Guizilini, Solange Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Interdisciplinar em Ciências da Saúde
Abstract Introdução: O uso da ventilação mecânica não invasiva (VMNI) em pacientes com disfunção ventricular esquerda (DVE) pode melhorar o desempenho cardíaco por diminuir o esforço inspiratório e a pós-carga do ventrículo esquerdo (VE). O objetivo do presente estudo foi avaliar os efeitos agudos da VMNI nos valores de saturação venosa central de oxigênio (ScVO2) e lactato arterial em pacientes com DVE no pósoperatório imediato de cirurgia de revascularização do miocárdio (CRM). Método: Neste estudo foram avaliados 100 pacientes no pós-operatório de CRM eletiva. Amostras sanguíneas foram coletadas em cinco momentos para avaliar marcadores de perfusão tecidual (como lactato e ScVO2): 1) no período intraoperatório (após indução anestésica); 2) vinte minutos após a chegada à UTI (sob ventilação mecânica invasiva); 3) vinte minutos após extubação (em respiração espontânea); 4) após uma hora de VMNI; 5) vinte minutos após a descontinuação da VMNI. Resultados: Um aumento significante nos níveis de lactato arterial e queda na ScVO2 foram observados na chegada à UTI em comparação aos valores intraoperatórios (p < 0,01). Após extubação, em respiração espontânea, a ScVO2 diminuiu significantemente (p < 0,01) e o lactato arterial aumentou, embora estatisticamente não significante (p = 0,21) comparado a admissão (sob ventilação mecânica invasiva). Durante a aplicação da VMNI, a ScVO2 aumentou significantemente (p < 0,01) e o lactato arterial diminuiu significantemente (p < 0,01) comparado aos valores da respiração espontânea, após extubação. Após a remoção da VMNI, a ScVO2 e o lactato arterial não apresentaram diferença em relação aos valores durante a VMNI e mantiveram-se otimizados quando comparados ao momento da extubação (p < 0,01). Conclusão: A aplicação aguda da VMNI melhorou os valores de ScVO2 e lactato arterial durante o pós-operatório imediato de CRM em pacientes com DVE.

Introduction: The use of noninvasive ventilation (NIV) in subjects with left ventricular dysfunction may increase cardiac performance by decreasing inspiratory effort and left ventricular afterload. The aim of the present study was to evaluate the acute effects of NIV on central venous oxygen saturation (ScVO2) and blood lactate in subjects with left ventricular dysfunction (LVD) during the early postoperative phase of coronary artery bypass grafting (CABG). Method: This study included 100 subjects during the postoperative phase of elective CABG. Blood samples were collected at five times to assess tissue perfusion markers (i.e., ScVO2 and blood lactate) as follows: 1) intraoperative period (after anesthesia induction); 2) twenty minutes after ICU arrival (under invasive mechanical ventilation); 3) twenty minutes after extubation with spontaneous breathing; 4) after one hour of NIV; and 5) twenty minutes after NIV discontinuation. Results: A significant increase in blood lactate levels and drop of ScVO2 was observed in ICU arrival in comparison with intraoperative values (p < 0.01). After extubation, during spontaneous breathing, ScVO2 significantly decreased (p < 0.01) and blood lactate increased, although not significantly (p = 0.21), compared to invasive mechanical ventilation in ICU arrival. During the application of NIV, the ScVO2 significantly increased (p < 0.01) and the blood lactate significantly decreased (p < 0.01) compared to spontaneous breathing values after extubation. After NIV discontinuation, ScVO2 and blood lactate did not change compared to measures taken during NIV and maintained greater values compared to those obtained post-extubation (p < 0.01). Conclusion: The acute application of NIV improved ScVO2 and decreased blood lactate levels in subjects with left ventricular dysfunction during the early postoperative phase following CABG
Keywords Cirurgia cardíaca
Saturação venosa central de oxigênio
Lactato arterial
Ventilação mecânica não invasiva
Perfusão tecidual
Disfunção ventricular esquerda
Cardiac surgery
Central venous oxygen saturation
Arterial lactate
Noninvasive ventilation
Tissue perfusion
Cardiovascular surgical procedures
Left ventricular dysfunction
Coronary artery bypass grafting
xmlui.dri2xhtml.METS-1.0.item-coverage ISS
Language Portuguese
Date 2017-10-10
Published in MARCONDI, Natasha de Oliveira. Efeitos agudos da ventilação mecânica não invasiva na perfusão tecidual no pós-operatório de cirurgia de revascularização do miocárdio em pacientes com disfunção ventricular esquerda. 2017. 60 f. Dissertação (Mestrado) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2017.
Knowledge area Outra
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 60f.
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI https://repositorio.unifesp.br/handle/11600/58730

Show full item record




File

Name: Natasha de Oliveira Marcondi.pdf
Size: 783.3Kb
Format: PDF
Description: Dissertação de mestrado
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account