Motivos do descarte de córneas captadas pelo banco de olhos do Hospital São Paulo em dois anos

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2010-02-01
Autores
Santos, Carla Galluzzi dos [UNIFESP]
Pacini, Keila Mattos [UNIFESP]
Adán, Consuelo Bueno Diniz [UNIFESP]
Sato, Elcio Hideo [UNIFESP]
Orientadores
Tipo
Artigo
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
PURPOSE: To analyze causes of discarded donor corneas which were collected and preserved by São Paulo Hospital Eye Bank in a period of two years. METHODS: Retrospective study based in the investigation of donor's medical records, for clinical and ocular factors, age, death cause, serology results, body conditions, slit lamp corneal examination and endothelial cells counting. RESULTS: 1,116 corneas were donated and included in the study, 518 (46.41%) were discarded before preservation, 168 (15.05%) were not transplanted for optical purpose, but used for tectonic indication. The main reason of cornea discard was the cause of death in 288 (25.80%) corneas, second the slit lamp analysis of tissues in 174 (15.59%) corneas. CONCLUSION: The analysis of the medical records and the donor's clinical history was an important factor of cornea discard of the not preserved tissues, showing the importance of this stage to guarantee the quality of the tissue and to ensure proper safety for the recipient. Also, the biomicroscopy evaluation realized in the slit lamp is a fundamental stage for qualification and classification of the tissue to guarantee a good surgical result.
OBJETIVO: Analisar os motivos do descarte ou não utilização de córneas doadas, cujos tecidos foram captados, preservados e avaliados pelo Banco de Olhos do Hospital São Paulo no período de outubro de 2002 a setembro de 2004. MÉTODOS: Estudo retrospectivo analisando os prontuários com as seguintes informações sobre as doações: história clínica e ocular do doador, idade, causa mortis, resultados de exames sorológicos, avaliação do corpo do doador, avaliação biomicroscópica da morfologia do globo ocular e da córnea e contagem celular endotelial. RESULTADOS: De 1.116 córneas doadas no período, 518 (46,41%) foram descartadas antes de serem preservadas, sendo 288 (25,80%) devido à causa mortis, 56 (5,01%) pelo histórico clínico do doador e 174 (15,59%) pela avaliação do tecido. Das 598 córneas preservadas, 317 (28,40%) foram destinadas ao transplante óptico e 168 (15,05%) indicadas para transplantes tectônicos. CONCLUSÃO: A análise do prontuário hospitalar e história clínica do doador foi um importante fator de descarte de córneas antes da preservação. Já a avaliação biomicroscópica realizada na lâmpada de fenda é uma etapa fundamental para qualificação e classificação do tecido adequando-o para o paciente e garantindo um bom resultado cirúrgico.
Descrição
Citação
SANTOS, Carla Galluzzi dos et al . Motivos do descarte de córneas captadas pelo banco de olhos do Hospital São Paulo em dois anos. Rev. bras.oftalmol., Rio de Janeiro , v. 69, n. 1, p. 18-22, fev. 2010
Coleções