Análise dos parâmetros para a indicação da correção cirúrgica da lesão do ligamento colateral medial grau II, associada à lesão do ligamento cruzado anterior

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2018-03-23
Autores
Funchal, Luis Fernando Zukanovich [UNIFESP]
Orientadores
Cohen, Moises [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Introduction: Therapeutic decision-making of anterior cruciate ligament injury associated with MCL lesion presents a challenge. Although about 70th years after the beginning of this discussion, there are still doubts about the best behavior, especially in the question of clinical or surgical treatment of MCL Grade II. Objective: Our work proposes a systematic analysis of the data of patients diagnosed with ACL lesion associated with MCL Grade II injury in order to objectively identify parameters that contribute to the decision making regarding the indication of the surgical treatment of MCL Grade II injury. Method: This is a retrospective study with retrospectively collected data. Our sample consisted of 133 patients (133 knees), from March 2002 to June 2016, evaluated clinically, radiologically and surgically by video-arthroscopy for lesion of ACL and MCL Grade II. Results: We found 87% of patients with clinical maneuvers for anterior and medial instability, comparing the MRI and intraarticular findings by videoarthroscopy, we found a deciding factor, the so-called floating meniscus. This finding was a decisive factor in order to finally submit the patients to MCL surgery, in addition to the ACL. Conclusion: The presence of floating meniscus is a predictor of surgical indication of the Grade II MCL lesion, when associated with ACL injury.
Introdução: A decisão terapêutica da lesão do Ligamento Cruzado Anteriro, associada a lesão do LCM se apresenta como um desafio. Apesar de passados cerca de 70 anos após o inicio desta discussão, ainda pairam dúvidas a cerca da melhor conduta, principalmente na questão do tratamento clínico ou cirurgico do LCM Grau II. Objetivo: Nosso trabalho propõem uma análise sistemática dos dados, dos pacientes com diagnóstico de Lesão do LCA associado a Lesão Grau II do LCM, a fim de identificar de forma objetiva, parâmetros que contribuam para a tomada de decisão quanto à indicação do tratamento cirúrgico da lesão do LCM Grau II. Método: Trata-se de um estudo observacional com coleta de dados de forma retrospetiva. Foram selecionados 133 pacientes, no período de março de 2002 a junho de 2016, submetidos a exame clínico, exames de imagem (RX e RM) e cirurgia por videoartroscopia, quanto a lesão do LCA e do LCM Grau II. Resultados: Encontramos 87% dos pacientes com manobras clínicas para instabilidade anterior e medial, comparando os achados de RM e intra-articular pela videoartroscopia, encontramos uma disonancia entre os achados. Esta alteração foi chamada de menisco flutuante. Este achado foi fator determinante para submeter os pacientes a cirurgia do LCM, além do LCA. Conclusão: A presença de menisco flutuante é fator preditor de indicação cirúrgica da lesão do LCM Grau II, quando associado a lesão do LCA.
Descrição
Citação