Chemoprevention by celecoxib in reflux-induced gastric adenocarcinoma in Wistar rats that underwent gastrojejunostomy

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2009-06-01
Autores
Rocha, Frederico Theobaldo Ramos
Lourenço, Laércio Gomes [UNIFESP]
Jucá, Mário Jorge
Costa, Valéria
Leal, Antenor Teixeira
Orientadores
Tipo
Artigo
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
PURPOSE: To evaluate chemoprevention by celecoxib in cases of reflux-induced gastric adenocarcinoma, in Wistar rats that underwent gastrojejunostomy. METHODS: Sixty male Wistar rats of average age three months underwent surgery and were distributed into three groups: group 1, exploratory laparotomy; group 2, gastrojejunostomy; and group 3, gastrojejunostomy and daily celecoxib administration. After 53 weeks, the animals were sacrificed. Changes in the mucosa of the gastric body of group 1 and in the gastrojejunal anastomosis of groups 2 and 3, observed in histopathological and immunohistochemical examinations, were compared. All statistical analyses were performed using Epi-Info®, version 3.4.3. RESULTS: Comparison between groups 2 and 3 relative to the presence of adenocarcinoma showed a statistically significant difference (p=0.0023). Analysis of the association between groups 2 and 3 relative to COX-2 expression also showed a statistically significant difference (p=0.0018). CONCLUSION: Celecoxib had an inhibiting effect on gastric carcinogenesis induced by enterogastric reflux in an animal model.
OBJETIVO: Avaliar a quimioprevenção pelo celecoxibe no adenocarcinoma gástrico induzido por refluxo, em ratos Wistar, submetidos a gastrojejunostomia. MÉTODOS: Sessenta ratos machos Wistar, com média de idade de três meses foram operados e distribuídos em 03 grupos: Grupo 1 - Os animais foram submetidos a laparotomia exploradora. Grupo 2 - Os animais foram submetidos a gastrojejunostomia. Grupo 3 - Os animais foram submetidos a gastrojejunostomia e tomaram celecoxib, diariamente. Após um período de 53 semanas, os animais foram sacrificados. As alterações da mucosa do corpo gástrico dos animais do grupo 1 e da anastomose gastrojejunal dos animais dos grupos 2 e 3 foram analisadas no exame histopatológico e imuno-histoquímica e foram comparadas. Todas as análises estatísticas foram realizadas pelo programa Epi Info®, versão 3.4.3. RESULTADOS: No cotejo entre os animais dos grupos 2 e 3 com relação à presença de adenocarcinoma observou-se uma diferença estatística significante (p=0,0023). A análise de associação entre os grupos 2 e 3 com relação à expressão da COX-2, também evidenciou uma diferença estatística significante (p=0,0018). CONCLUSÃO: O celecoxib teve efeito inibidor da carcinogênese gástrica, induzida pelo refluxo em ratos.
Descrição
Citação
Acta Cirurgica Brasileira. Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia, v. 24, n. 3, p. 189-194, 2009.
Coleções