A Influência de Células B-1 na atividade supressora de células Treg FOXP3+ geradas in vitro

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2017-12-21
Autores
Lima, Karina Alcantara de [UNIFESP]
Orientadores
Mariano, Mario [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
The role of B-1 cells in the development of Treg cells has been studied recently. In vitro assays demonstrated that B-1a cells are capable of converting CD4+CD25+ T cells into a cell with regulatory potential without FOXP3 expression. Previously, we demonstrated that B-1 cells could regulate the proliferative activity of FOXP3+ Treg cells in vitro e upregulate Treg cells population in the peritoneal cavity of mice, under physiological and pathogenic conditions. In this study, we aimed to understand the role of B-1 cells in the suppressive activity of FOXP3+ Treg cells generated in vitro with TGF-β stimulation. For this, we performed a co-culture of naive T-cell in the presence of B-1 cells, in order to generate in vitro Treg cells and, after, to evaluate the suppression mechanisms of these cells by effector T cell suppression assay. Thus, in vitro generation of Treg cells is more efficient in cocultures with B-1 cells, which favors the proliferation of Treg cells and modulate the cytokine profile into these cultures. These cells (called iTreg(B-1)) demonstrated suppressive activity similar to the observed in iTregs generated without B-1 cells and also natural Tregs. And we have also shown that B-1 cells can modify the mechanism of suppression in iTreg(B-1) increasing the relative gene expression of CTLA-4. Our results may contribute to future studies aimed therapy with Treg cells and new methodologies for obtaining such cells.
O papel de células B-1 no desenvolvimento de células Treg tem sido estudado recentemente. Ensaios in vitro demonstraram que células B-1a são capazes de converter células T naïve CD4+CD25- em uma célula com potencial regulador, sem a expressão de FOXP3. Em estudo anterior, demonstramos que células B-1 podem regular a atividade proliferativa de células Treg FOXP3+ in vitro e regular positivamente o aparecimento de células Treg na cavidade peritoneal de camundongos, em condições fisiológicas e patogênicas. No presente estudo, buscamos compreender o papel de células B-1 na atividade supressora de células Treg FOXP3+ geradas in vitro com estímulo de TGF-β. Para isso, realizamos coculturas de células T naive na presença de células B-1, para geração de células Treg in vitro e, posteriormente, avaliação dos mecanismos de supressão dessas células, por meio de ensaio de supressão de células T efetoras. Observamos que a geração in vitro de células Treg é mais eficiente em co-culturas com células B-1, que favorece a proliferação de células Treg, podendo, ainda, modular o perfil de citocinas dessas culturas de células Treg. Essas células, chamadas aqui de iTreg(B-1) demonstraram atividade supressora semelhante às iTregs geradas sem células B-1 e Tregs naturais. Evidenciamos, também, que células B-1 podem alterar o mecanismo de supressão de células iTreg(B-1), aumentando a expressão relativa do gene de CTLA-4, em relação as outras Tregs avaliadas. Os resultados aqui observados podem contribuir para estudos futuros, visando terapia com células Treg e novas metodologias para obtenção dessas células.
Descrição
Citação
LIMA, Karina Alcantara de. A Influência de células B-1 na atividade supressora de células Treg Foxp3+ geradas in vitro. 2017. 65 f. Dissertação (Mestrado em Microbiologia e Imunologia) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2017.