Show simple item record

dc.contributor.advisorTanaka, Luiza Hiromi [UNIFESP]
dc.contributor.authorSouza, Eduardo Sodré de [UNIFESP]
dc.date.accessioned2019-06-19T14:57:57Z
dc.date.available2019-06-19T14:57:57Z
dc.date.issued2017-02-24
dc.identifierhttps://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=5833420pt
dc.identifier.urihttp://repositorio.unifesp.br/handle/11600/50453
dc.description.abstractObjective: Based on the Research-Action (AP), Critical Discourse (ADC) and Health Promotion (PS) guidelines, this research had the following objectives: 1) to re-signify and orient health care practices to transgender people who live on the street; 2) identify and analyze how health care and its agents are represented in the texts of the people who participated in the research; 3) identify and analyze the barriers of access of trans people to health care; and 4) identify and analyze the proposals for overcoming promoted by health care to those of trans people who live on the street. Methods: Observation participants, focus groups, seminars and interviews were used in this research. The interviews were guided by the technique of snowball in which ten women participated (six cisgender, three trans and one lesbian) and three men (two cisgender and one gay). These were the people's own definitions. The data were organized using the software NVivo Pro 11® and analyzed in the light of the ADC. Results: The reflections on the methodological process evidenced aspects related to the participation, power and potentiality of the people involved in the research, especially of trans people. There is invisibility of trans people who live on the street in the scientific literature. Health care was defined as a broad action, including aspects of the human relationship, such as affection and user embracement; body transformation and citizenship. The access barriers for health care are: institutional aspects; fragility in professional training, especially in relation to the clinical management and referral of cases that involve trans people who live on the street and representation of the services and persons involved in the care. Education continuing, alteration of the curricular curriculum of health care courses, strengthening of care networks and reorganization of services emerged, as possibilities of overcoming the mentioned barriers. Considerations: The creation of a health care model, socially and culturally sensitive to the needs transgenders who live on the street requires the specific training of professionals; the development of research on the subject; the reorganization of services; the strengthening of health care networks and investments in the continuing education. The references of action research, Critical Discourse Analysis and Health promotion offer theoretical and methodological resources that, articulated or not, can contribute to changes.en
dc.description.abstractObjetivo: Amparada pelos referenciais da Pesquisa-Ação (PA), Análise de Discurso Crítica (ADC) e Promoção da Saúde (PS), esta pesquisa teve como objetivos: 1) ressignificar e orientar as práticas de cuidado em saúde às pessoas trans em situação de rua; 2) identificar e analisar como o cuidado em saúde e seus agentes são representados nos textos das pessoas que participaram da pesquisa; 3) identificar e analisar as barreiras que impedem o acesso das pessoas trans em situação de rua ao cuidado em saúde e 4) identificar e analisar as propostas de superação promovidas pelo cuidado em saúde às pessoas trans em situação de rua. Métodos:, grupos focais, seminários e entrevistas foram utilizados nesta pesquisa. As entrevistas foram orientadas pela técnica de bola de neve da qual participaram dez mulheres (seis cisgêneras, três trans e uma lésbica) e três homens (dois cisgêneros e um gay). Estas definições sobre identidade de gênero, partiram do grupo entrevistado. Os dados foram organizados por meio do software NVivo Pro 11® analisados à luz da ADC. Resultados: As reflexões sobre o percurso metodológico evidenciaram aspectos relacionados à participação, poder e potencialidade das pessoas envolvidas na pesquisa, sobretudo, das pessoas trans. Há invisibilidade das pessoas trans em situação de rua na literatura científica. O cuidado em saúde foi definido como uma ação abrangente, incluindo aspectos da relação humana, como afeto e acolhimento; transformação do corpo e cidadania. São barreiras de acesso para o cuidado em saúde: aspectos institucionais; fragilidade na formação profissional, sobretudo em relação ao manuseio clínico e encaminhamento de casos que envolvem pessoas trans em situação de rua e representação das pessoas trans em situação de rua para os serviços e vice-versa. A educação permanente, alteração da grade curricular de cursos da área da saúde, fortalecimento de redes de cuidado e reorganização de serviços emergiram como possibilidades de superação das barreiras mencionadas. Considerações: A criação de uma proposta de cuidado em saúde, social e culturalmente sensível às necessidades das pessoas trans em situação de rua exige, por um lado, a formação específica de profissionais e desenvolvimento de pesquisas sobre o tema; e, por outro, a reorganização de serviços, fortalecimento de redes de cuidado e investimentos na educação permanente de profissionais em exercício. Os referenciais da PA, ADC e PS oferecem recursos teóricos e metodológicos que, articulados , ou não, podem contribuir com mudanças.pt
dc.format.extent174p.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rightsAcesso restrito
dc.subjectHealth Careen
dc.subjectTrans Person In Street Situationen
dc.subjectTravestisen
dc.subjectAction Researchen
dc.subjectHealth Promotionen
dc.subjectCritical Discourse Analysisen
dc.subjectCuidado Em Saúdept
dc.subjectPessoas Trans Em Situação De Ruapt
dc.subjectTravestispt
dc.subjectPesquisa-Açãopt
dc.subjectPromoção Da Saúdept
dc.subjectAnálise De Dicurso Críticapt
dc.titleCuidado em saúde: pesquisa-ação com pessoas trans em situação de ruapt
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)pt
dc.identifier.file2017-0605.pdf
dc.description.sourceDados abertos - Sucupira - Teses e dissertações (2017)
unifesp.campusSão Paulo, Escola Paulista de Enfermagempt
unifesp.graduateProgramEnfermagempt
unifesp.knowledgeAreaEnfermagem, Cuidado E Saúdept


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record