Elaboração E Eficácia De Um Protocolo De Intervenção Com Técnicas Alternativas No Tratamento De Sintomas De Depressão E Do Consumo Abusivo De Substâncias Psicoativas

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2017-10-26
Autores
Batista, Leandro Cardozo [UNIFESP]
Orientadores
Tucci, Adriana Marcassa [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Introduction: Depression and drug use are public health problems and the main form of treatment in Western medicine is through pharmacotherapy that presents important adverse effects. There are alternative therapies to the pharmacological and psychotherapeutic treatments, such as: Mindfulness meditation, Reiki, Acupuncture and Auriculotherapy that may also be used for the treatment of symptoms of depression and psychoactive substance use. Objective: To elaborate and evaluate the effectiveness of a protocol based on alternative therapies to the pharmacological and psychotherapeutic treatments through Mindfulness meditation, Reiki, Acupuncture and Auriculotherapy in the treatment of symptoms of depression, as well as in psychoactive substances use. Method: This is an experimental, randomized controlled clinical study, of a quantitative nature. The techniques used in the protocol were Mindfulness, Reiki, Acupuncture and Auriculotherapy, which were applied during eight meetings. The study was carried out in one of the municipalities of Baixada Santista / SP. The sample consisted of 39 participants who responded to the criteria for depression through the Beck Inventory or a criteria of alcohol risk pattern, assessed by the Alcohol Use Disorders Identification Test, or a moderate other drugs problems, evaluated by the Drug Abuse Screening Test. Participants were divided into four groups: two experimental groups, depression or comorbid depression with substance use problem, and two control groups of the respective groups. Depression Anxiety and Stress Scale was also used to assess the symptoms of anxiety, stress, and depression in all participants. Results: Significant differences in symptoms of depression, anxiety and stress were detected in the two experimental groups when comparing the pre and post-intervention moments, while there was no change in the respective control groups. Among those with problems due to substance use, there was a significant difference between the experimental group and the control group regarding the pattern of alcohol consumption and other drugs problems when compared the pre and postintervention moments. Conclusion: The intervention protocol proposed in this study has been shown to be effective in reducing the symptoms of stress, anxiety and depression among people with depression, as well as in reducing these symptoms and alcohol or other drugs problems among those who uses psychoactive substances.
Introdução: A depressão e o uso de drogas são problemas de saúde pública e a principal forma de tratamento na medicina ocidental se dá por meio de farmacoterapia que possui efeitos adversos. Existem terapias alternativas à farmacológica e à psicoterápica que podem favorecer o enfrentamento dos sintomas de depressão e do uso de substâncias psicoativas. Objetivo: Elaborar e avaliar a eficácia de um protocolo baseado em terapias alternativas à farmacológica e à psicoterápica no tratamento dos sintomas de depressão, assim como, no consumo de substâncias psicoativas. Método: Trata-se de um estudo experimental, clínico randomizado controlado, de natureza quantitativa. As técnicas utilizadas no protocolo foram: meditação Mindfulness, Reiki, Acupuntura e Auriculoterapia, as quais foram aplicadas durante oito encontros. O estudo foi realizado em um dos municípios da Baixada Santista/SP. A amostra foi composta por 39 participantes que responderam aos critérios para depressão por meio do inventário de Beck ou apresentaram padrão de consumo de risco de álcool, avaliado pelo Alcohol Use Disorders Identification Test, ou problema moderado no consumo de outras drogas, avaliado pelo Drug Abuse Screening Test. Os participantes foram divididos em quatro grupos: sendo dois grupos experimentais, depressão ou depressão com comorbidade com problema do uso de substância, e dois grupos controles dos respectivos grupos. Foi também utilizada a Depression Anxiety and Stress Scale para avaliar os sintomas de ansiedade, estresse e depressão em todos os participantes. Resultados: Foram detectadas diferenças significativas nos sintomas de depressão (p<0,01), ansiedade (p<0,01) e estresse (p<0,01) nos dois grupos experimentais quando se comparou os momentos pré e pós intervenção, enquanto não houve alteração nos respectivos grupos controle. Entre aqueles com problemas decorrentes do uso de substâncias, houve diferença significativa entre o grupo experimental e o grupo controle em relação ao padrão de consumo de álcool e aos problemas decorrentes do uso de outras drogas quando se comparou os momentos pré e pós-intervenção. Conclusão: o protocolo de intervenção proposto neste estudo mostrou ser eficaz na diminuição dos sintomas de estresse, ansiedade e depressão entre pessoas com depressão, assim como na diminuição desses sintomas e dos problemas com o uso de álcool ou outras drogas entre aqueles que fazem uso de substâncias psicoativas.
Descrição
Citação