Caracterização de usuários de benzodiazepínicos na assistência ambulatorial no SUS Diadema

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2018-11-29
Autores
Matsushita, Andreia Mieko [UNIFESP]
Orientadores
Fegadolli, Claudia [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Os benzodiazepínicos estão entre os medicamentos mais prescrito no mundo. O seu uso tem sido considerado exacerbado e indiscriminado, sendo que muitas vezes é prescrito sem a indicação e tempo adequados por clínicos gerais ou outras especialidades médicas e não por psiquiatras, constituindo um grave problema de saúde pública. Este trabalho teve como objetivo caracterizar os usuários de benzodiazepínicos das Unidades Básicas de Saúde de Diadema-SP. Trata-se de um estudo transversal descritivo, a partir da análise de dados secundários disponíveis no “Sistema Dispensação” municipal referentes ao período de Julho de 2016 a Julho de 2017. O instrumento de coleta considerou as seguintes variáveis: gênero, idade, número de retiradas de medicamentos e origem dos receituários. Dos 3.982 usuários de benzodiazepínicos avaliados 68% eram mulheres. Com relação à dispensação de BZD nas UBS avaliadas, observou-se que a maioria dos usuários utilizou o medicamento pelo período de 2 meses, ou seja 44%. O medicamento BZD mais prescrito foi o clonazepam (61%). Quanto à origem dos receituários a maioria foi gerada nas UBS (73%), provenientes de médicos clínicos gerais ou generalistas. Este trabalho permitiu conhecer o perfil de uso de BZD em Diadema e pode subsidiar estratégias para melhorar o uso desses medicamentos pela população.
Descrição
Citação
Coleções