Relacionamentos abusivos: Uma etnografia virtual sobre as redes de apoio femininas no Facebook

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2018-12-11
Autores
Silva, Gabriela Maria Lemos [UNIFESP]
Orientadores
Surjus, Luciana Togni de Lima e Silva [UNIFESP]
Tipo
Trabalho de conclusão de curso de graduação
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Segundo o mapa da violência de 2015, no ano de 2014 duas em cada três vítimas de violência no Brasil eram mulheres. A pesquisa ainda disponibiliza uma ideia do agente da agressão, mostrando que na idade jovem e adulta, metades das agressões sofridas pelas mulheres brasileiras são cometidas por um cônjuge, namorado ou ex. Segundo a mesma pesquisa, no ano referido, a cada dia 405 mulheres necessitam de atendimento médico em uma unidade básica de saúde. Com isso foi feita uma etnografia virtual, utilizando diário de campo em paginas e grupos de apoio a vitimas de relacionamentos abusivos. Acompanhando a dinâmica dos grupos percebemos a grande interação dos usuários todos os relatos no grupo recebem muitos comentários e geram conversas acerca das vivências. As integrantes do grupo sempre discutem as publicações tentando achar os melhores conselhos e soluções para os desabafos feitos nas páginas. Pudemos esclarecer os vários tipos de violência sofrida pelas mulheres dentro de um relacionamento abusivo. E investigar a violência psicológica, a qual percebeu a alta prevalência dentro dos RAs. Violência na qual foi relatada mais traumas e desdobramentos tanto psicológicos quanto físicos
Descrição
Citação