A formação na graduação dos profissionais de saúde e a educação para o cuidado de pacientes fora de recursos terapêuticos de cura

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2009-03-01
Autores
Bifulco, Vera Anita [UNIFESP]
Iochida, Lucia Christina [UNIFESP]
Orientadores
Tipo
Artigo
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
The present study deals with some of the fundamental issues related to the philosophy of palliative care (PC) and specific undergraduate instruction by means of PC courses, aimed at establishing a humanitarian attitude by future health professionals towards patients facing death. Hope lies in impacting undergraduate training, curriculum reform that contemplates this anthropological vision (beyond the necessary technical and scientific training), and implementation of the PC philosophy. A literature search was conducted on the training of health professionals and care for patients that are beyond any possibility of cure, but still within the range of symptomatic treatment. The methodology combines a review of the national and international literature with empirical research, by applying a questionnaire to a multidisciplinary team working with PC in a teaching institution. The study used a qualitative approach and revealed the health field's need to train professionals to manage the care of these patients based on continuing education with knowledge about the process of death and dying.
Este estudo trata de algumas questões fundamentais relacionadas com a filosofia dos Cuidados Paliativos (CP) e propõe uma educação dos alunos de graduação por meio de cursos de CP com o objetivo de criar uma atitude humanitária nos futuros profissionais em relação àquele que está morrendo. A esperança está na intervenção sobre a formação dos profissionais da saúde, na reformulação curricular que contemple esta visão antropológica, para além da formação tecnocientífica necessária, e na implementação da filosofia de CP. Buscaram-se na literatura discussões sobre a formação destes profissionais e o cuidado do paciente fora de recursos de cura, porém não fora de recursos sintomáticos. A metodologia adotada combina revisão da literatura nacional e internacional com pesquisa empírica, por meio da aplicação de questionário a uma equipe multiprofissional, atuante em CP numa instituição de ensino. O estudo foi desenvolvido com abordagem qualitativa. Desvelou-se na área da saúde a necessidade de capacitar os profissionais de saúde a enfrentarem o cuidado destes pacientes por meio de uma educação continuada, fundamentada no conhecimento do processo de morte e morrer.
Descrição
Citação
Revista Brasileira de Educação Médica. Associação Brasileira de Educação Médica, v. 33, n. 1, p. 92-100, 2009.