Show simple item record

dc.contributor.advisorAntonelli, Eduardo Antonelli [UNIFESP]pt
dc.contributor.authorSerrano, Antonio Guerreiro Silva [UNIFESP]
dc.date.accessioned2018-07-30T11:53:51Z
dc.date.available2018-07-30T11:53:51Z
dc.date.issued2014-07-25
dc.identifierhttps://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=847430pt
dc.identifier.citationSERRANO, Antonio Guerreiro Silva. Caracterização de cerâmicas bicamadas do sistema bati1-xzrxo3- ba1-ysrytio3 sinterizadas utilizando forno de microondas. 2014. Dissertação (Mestrado) - Instituto de Ciência e Tecnologia, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São José dos Campos, 2014.
dc.identifier.urihttp://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48977
dc.description.abstractA inserção do Sr2+ ou Zr4+ em substituição, respectivamente, ao Ba2+ e Ti4+ na rede do titanato de bário (BaTiO3 - BT) traz consequências preponderantes às transições de fase deste material, sendo que, a temperatura de Curie decresce, enquanto que as outras transições de fase do BT atingem temperaturas mais elevadas. A porcentagem molar de íons substituídos define a temperatura em que os picos, decorrentes destas transições, são observados na curva de permissividade elétrica. Um inconveniente surge quando é avaliada a aplicabilidade destas composições cerâmicas, pois uma vez que os valores de permissividade mais expressivos são verificados numa estreita faixa de temperatura concernente à transição de fase ferroelétrica-paraelétrica, a aplicação destes materiais em dispositivos eletrônicos fica restrita à suscetibilidade térmica da permissividade. A tentativa de tornar o desempenho destes materiais cada vez menos influenciável pela temperatura de uso é o foco de diversas pesquisas contemporâneas. A produção de materiais onde coexistam diferentes fases ferroelétricas tem atraído grande atenção como possibilidade de aperfeiçoar as propriedades dos compostos derivados do BT. A pesquisa em questão dispõe-se a projetar, preparar, e estudar materiais onde coexistam fases ferroelétricas dos sistemas Ba(ZrxTi1-x)O3 (BZT) e (Ba1-xSrx)TiO3 (BST). As amostras foram preparadas de modo a constituírem materiais com gradiente de composição funcional, variando de um lado a outro da amostra. A sinterização foi realizada em um forno de microondas. O prosseguimento do trabalho deu-se com o estudo das propriedades dielétricas nestes materiais, principalmente visando às características de transições de fase atribuíveis à dopagem. A influência das interfaces BZT/BST nas propriedades dos materiais compósitos também foi alvo de investigação. O material oferece uma nova perspectiva de abordagem da problemática ambiental contemporânea, pois objetiva-se desenvolver um novo material com propriedades otimizadas que possa ser um substituto viável de materiais cuja composição química abarca o elemento químico chumbo cujas implicações toxicológicas são graves.pt
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rightsAcesso restrito
dc.subjecttransição de fasept
dc.subjectpermissividadept
dc.subjectferroelétricopt
dc.titleCaracterização de cerâmicas bicamadas do sistema bati1-xzrxo3- ba1-ysrytio3 sinterizadas utilizando forno de microondaspt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)pt
dc.identifier.file2014-0338.pdf
dc.description.sourceDados abertos - Sucupira - Teses e dissertações (2013 a 2016)
unifesp.campusSão José dos Campos, Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT)pt
unifesp.graduateProgramEngenharia e Ciência de Materiaispt
unifesp.knowledgeAreaMultidisciplinarpt
unifesp.researchAreaMateriaispt


Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record