Show simple item record

dc.contributor.advisorFranciozi, Carlos Eduardo da Silveira Franciozi [UNIFESP]pt
dc.contributor.authorRosario, Davi Araujo Veiga [UNIFESP]
dc.date.accessioned2018-07-30T11:53:22Z
dc.date.available2018-07-30T11:53:22Z
dc.date.issued2014-06-25
dc.identifierhttps://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=932753pt
dc.identifier.citationROSARIO, Davi Araujo Veiga. Níveis de evidência da cirurgia de joelho em periódicos nacionais São Paulo 2014. 2014. 39 f. Dissertação (Mestrado Profissional) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2014.
dc.identifier.urihttp://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48693
dc.description.abstractO conceito da Medicina Baseada em Evidências (MBE) foi introduzido em 1991 e desde então vem despertando o interesse da comunidade científica.1 Os conceitos da MBE começaram a aparecer nos principais congressos e simpósios a partir de 2003. Diferentemente da medicina tradicional, esse novo ramo não é embasado na intuição, experiência clínica não sistemática e raciocínio fisiopatológico como base fundamental para adotar conduta clínica. Medicina baseada em evidências exige novas habilidades do profissional, que inclui o conhecimento da pesquisa na literatura, suas ferramentas e a avaliação da evidência clínica. Houve um aumento na publicação de artigos que orientam os médicos sobre como acessar, avaliar e interpretar a literatura médica.3,4 Esse senso crítico se torna obrigatório, em virtude do grande número de publicações e frequentes armadilhas metodológicas, que podem induzir o leitor a conclusões equivocadas e potencialmente danosas para prática clinica e cirúrgica.5,6 A literatura ortopédica brasileira seguiu a linha das publicações internacionais em busca de melhores níveis de evidência nas publicações e a qualidade metodológica dos artigos passou a ser analisada com critérios mais rigorosos.4 Entretanto, até o momento, a literatura nacional carece de estudos críticos dos níveis de evidência em ortopedia. Objetivo: O estudo trata-se de uma revisão com o objetivo de selecionar os estudos relacionados à cirurgia do joelho publicados de 2000 a 2011 na literatura ortopédica nacional por meio da Acta Ortopédica Brasileira(AOB) e da Revista Brasileira de Ortopedia (RBO) e classificá-los de acordo com os níveis de evidência. Estes dois periódicos foram escolhidos por estarem inseridos no âmbito nacional e estarem indexados, via Scielo, como uma base de dados bibliográfica internacional. Variáveis secundárias a serem observadas: a quantidade de estudos publicados por ano, a região em que foram desenvolvidos e o principal tema abordado no estudo.pt
dc.format.extent39 p.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rightsAcesso restrito
dc.subjectmedicina baseada em evidênciaspt
dc.subjectortopediapt
dc.subjectjoelhopt
dc.subjectindicadores bibliométricos e periódicos nacionaispt
dc.titleNíveis de evidência da cirurgia de joelho em periódicos nacionais São Paulo 2014pt
dc.typeDissertação de mestrado profissional
dc.contributor.institutionUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)pt
dc.identifier.file2014-0883.pdf
dc.description.sourceDados abertos - Sucupira - Teses e dissertações (2013 a 2016)
unifesp.campusSão Paulo, Escola Paulista de Medicina (EPM)pt
unifesp.graduateProgramTecnologias e Atenção à Saúdept
unifesp.knowledgeAreaCiências da saúdept
unifesp.researchAreaMedicinapt


Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record