Show simple item record

dc.contributor.advisorPerissinoto, Jacy Perissinoto [UNIFESP]pt
dc.contributor.authorBeltrame, Jessica Monique [UNIFESP]
dc.date.accessioned2018-07-30T11:53:19Z
dc.date.available2018-07-30T11:53:19Z
dc.date.issued2013-02-27
dc.identifierhttps://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=100355pt
dc.identifier.citationBELTRAME, Jessica Monique. Avaliação da linguagem oral em indivíduos com transtorno de déficit de atenção/hiperatividade: variáveis narrativas. 2013. 88 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2013.
dc.identifier.urihttp://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48662
dc.description.abstractObjetivo: Caracterizar a narrativa de indivíduos com Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade (G-TDAH) segundo tipologia e gravidade de sintomas. Métodos: (CEP/UNIFESP:01046/08) Foram avaliados: indivíduos do G-TDAH, advindos da Unidade de Psiquiatria da Infância e Adolescência (UPIA) do Departamento de Psiquiatria da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP/HSP), e indivíduos do Grupo Controle (GC), advindos de escolas da região. Entraram para o G-TDAH indivíduos que receberam confirmação do diagnóstico de TDAH por equipe multidisciplinar. O GC foi avaliado da mesma forma do G-TDAH para exclusão do do diagnóstico patológico. Foram excluídos da pesquisa indivíduos com QI menor que 80 ou que apresentassem outras questões que comprometessem o desempenho cognitivo. Os indivíduos do G-TDAH não poderiam ter sido medicados em qualquer momento da vida. Para a inclusão foi necessária à construção da narrativa oral (N G-TDAH=64 e N GC=28). O material de pesquisa foi a sequência de figuras ?A pedra no caminho? (Furnari, 1988), sendo avaliada quanto: menção aos eventos, uso de classes morfológicas e uso de pausa. Para a caracterização do G-TDAH e para a estimativa da gravidade de sintomas foram aplicadas: K-Sads-PL (Brasil, 2003) e Snap-IV (Mattos, et al., 2006) respectivamente. Resultados: Quando comparado os resultados dos indivíduos do G-TDAH com os do GC, os grupos diferiram sutilmente com G-TDAH fazendo: menos menções aos eventos da história (evento 5), menor uso de preposição e numeral e maior uso das pausas de tamanho 1 segundo até 1,5 segundos. Da divisão do G-TDAH nos grupos clínicos, entre eles não houve diferença, porém na comparação com GC: os tipos combinado e desatento diferiram em uso de numerais (G-TDAH combinado usa menos) e tamanho médio de pausa (G-TDAH desatento precisa de maior tempo médio). A gravidade de sintomas influenciou negativamente a menção a eventos (Evento 2), negativamente uso de numerais, e positivamente uso de pausas. Discussão: A forma diferenciada de narrar pelo G-TDAH indica uma dificuldade: no estabelecimento de plano de metas, na seleção de elementos sintáticos, inclusive os de referência anafórica e de coerência, e na atividade narrativa propriamente dita, ficando claro inclusive no uso em maior quantidade de pausas menos fluentes (maiores que 500 milisegundos). As diferenças podem ser justificadas pela forma de processamento cognitivo dos indivíduos (Flory, et al., 2006; Barkley, 2008).Há dificuldades relacionadas tanto aos diagnósticos de desatenção e gravidade de sintomas desatentos, quanto relacionadas ao diagnóstico de hiperatividade/Impulsividade e mesma gravidade de sintomas que indicam diferenças entre os grupos e que podem ser de relevância para a clínica. Conclusão: Na tarefa de narração, atividade superior e complexa, indivíduos com TDAH apresentam comportamento sutilmente diferenciado, limitando a produção oral quanto aos elementos estruturais. As variações narrativas seriam influenciadas por problemas na sustentação da atenção e na presença de sintomas hiperativo/impulsivos.pt
dc.format.extent88 p.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rightsAcesso restrito
dc.subjectlinguagempt
dc.subjectnarraçãopt
dc.subjectlinguísticapt
dc.subjectacústica da falapt
dc.subjecttranstorno de déficit de atenção com hiperatividpt
dc.titleAvaliação da linguagem oral em indivíduos com transtorno de déficit de atenção/hiperatividade: variáveis narrativaspt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)pt
dc.identifier.file2013-0157.pdf
dc.description.sourceDados abertos - Sucupira - Teses e dissertações (2013 a 2016)
unifesp.campusSão Paulo, Escola Paulista de Medicina (EPM)pt
unifesp.graduateProgramDistúrbios da Comunicação Humana (Fonoaudiologia)pt
unifesp.knowledgeAreaCiências da saúdept
unifesp.researchAreaFonoaudiologiapt


Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record