Expressão de moléculas co-estimulatórias em pacientes com diabetes mellitus gestacional

Expressão de moléculas co-estimulatórias em pacientes com diabetes mellitus gestacional

Author Pendeloski, Karen Priscilla Tezotto Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Daher, Silvia Daher Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Medicina (Obstetrícia)
Abstract Introdução: O desenvolvimento de reação inflamatória branda e resistência à insulina são parte dos fenômenos adaptativos fisiológicos de gestações normais e, em pacientes com diabetes mellitus gestacional (DMG) esses dois processos parecem ser exacerbados. Estas alterações parecem ser decorrentes de hiperativação de linfócitos T comprometendo os mecanismos de tolerância imunológica. Objetivo: Avaliar a expressão de moléculas imunoregulatórias em células T circulantes em gestantes com DMG e saudáveis. Métodos: Este foi um estudo do tipo caso-controle, que incluiu 30 pacientes saudáveis (C) e 20 com DMG, cursando o terceiro trimestre da gestação. O grupo de DMG incluiu 14 pacientes tratadas apenas com dieta e 6 que tomavam insulina. Em amostras de sangue periférico, foram avaliadas as porcentagens de linfócitos T e subpopulações T CD4+, T CD8+ e a expressão das moléculas imunoregulatórias CD28, ICOS, CTLA-4 e PD-1 e dos marcadores de ativação CD69 e HLA-DR em linfócitos T pela técnica de citometria de fluxo. Resultados: Comparadas às controles, todas as gestantes com DMG apresentaram maior porcentagem de células T CD4+CD69+, T CD8+CD69+, mas só foi observado aumento de células T CD4+HLA-DR+ quando foram analisadas em pacientes tratadas com insulina. Observamos menor porcentagem de linfócitos T CD8+HLA-DR+ no grupo DMG, independentemente do tratamento. Também observamos maior porcentagem de células T CD4+CD28+HLA-DR+, T CD3+CD4+ICOS+, T CD3+CD4+PD1+, T CD8+CD28+CD69+, T CD8+CD28+HLA-DR+, T CD8+CTLA-4+HLA-DR+ e T CD3+CD8+ICOS+ e menor porcentagem de células T CD3+CD4+CTLA-4+, T CD3+CD8+CTLA-4+ e T CD8+ICOS+HLA-DR+ no grupo DMG do que as do grupo controle. Não foram identificadas diferenças significantes entre os demais parâmetros analisados. Conclusão: Pacientes com DMG apresentam expressão exacerbada de marcadores de ativação e reduzida expressão de CTLA-4 em células T circulantes. Estes achados indicam que a tolerância materno-fetal tolerância está comprometida nestes casos.
Keywords diabetes mellitus gestacional
moléculas imunoregulatórias
moléculas co-estimulatórias
linfócitos t e tolerância imune
Language Portuguese
Date 2014-05-08
Published in PENDELOSKI, Karen Priscilla Tezotto. Expressão de moléculas co-estimulatórias em pacientes com diabetes mellitus gestacional. 2014. 114 f. Tese (Doutorado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2014.
Research area Medicina
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 114 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=1545675
Access rights Closed access
Type Thesis
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48338

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account