Efeitos de aloe barbadensis (aloe vera) em células mesangiais humanas cultivadas em meio com alta concentração de glicose: possíveis mecanismos regulatórios no sistema renina-angiotensina

Efeitos de aloe barbadensis (aloe vera) em células mesangiais humanas cultivadas em meio com alta concentração de glicose: possíveis mecanismos regulatórios no sistema renina-angiotensina

Author Arita, Lilian Saemi Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Casarini, Dulce Elena Casarini Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Medicina Translacional
Abstract A nefropatia diabética está relacionada com a hiperglicemia descontrolada ou crônica, e é caracterizada por hipertrofia dos glomérulos, hipoperfusão, espessamento da membrana basal glomerular e hiperfiltração glomerular. O aumento da atividade do Sistema Renina Angiotensina (SRA) intra-renal contribui para a nefropatia diabética. Bloqueadores do SRA tem conferido proteção renal para pacientes diabéticos. Apesar da melhoria nas condições dos pacientes diabéticos através desse bloqueio, nenhum tratamento tem atingido uma modulação eficiente até o momento, justificando que mais estudos continuem a ser realizados em nível molecular e genético para encontrar melhores maneiras de impedir os danos causados pelo SRA no rim diabético. Estudos pré-clínicos e clínicos mostram o efeito hipoglicemiante do gel de Aloe barbadensis (Aloe vera). A investigação de seus compostos com inúmeras propriedades medicinais e a sua importância no tratamento de diabetes, torna-se inevitavelmente instigante. Considerando que não exsitem dados na literatura sobre o papel da A. Vera e/ou de seus compostos purificados sobre os componentes no SRA de células mesangiais, o objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos de componentes isolados e purificados de A. vera sobre células mesangiais humanas cultivadas em meio com alta concentração de glicose, em especial sobre os componentes o SRA. Primeiramente, foram realizados experimentos in vivo com a fração butanólica (FB) e o extrato bruto (EB) de A. vera em comparação aos efeitos de insulina e glibenclamida, nos quais verificamos a ação hipoglicemiante da FB nos ratos diabéticos. A FB de A.vera foi purificada por Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (HPLC), e então, selecionamos dois componentes com tempos de retenção próximos ao componente conhecido Aloe emodina (AE), nomeados de P9 e P9A. De acordo com dados da literatura, AE tem demonstrado efeitos anti-diabéticos em diferentes modelos in vitro. Avaliamos a ação dos componentes P9 e P9A AE e insulina comparados com um grupo controle sem tratamento nas atividades da renina e enzima conversora de angiotensina (ECA), bem como na expressão proteica dos componentes do SRA tais como a renina, ECA, receptor AT1 (AT1R), receptor AT2 (AT2R) e receptor Mas. P9 e P9A atuam em diferentes níveis da cascata, mas vale destacar os seus efeitos inibitórios sobre a atividade da renina das células cultivadas em meio com alta concentração de glicose, de aproximadamente 98% e de 50%, respectivamente, quando comparados ao CT. Além disso, ambos diminuíram a expressão proteica da renina e o P9A também diminuiu a expressão proteica da ECA. No entanto, a alta capacidade inibitória de P9 não está relacionada com a diminuição da expressão proteica da renina. Além disso, a fração P9 aumentou a expressão de AT2R e, em contrapartida, a fração P9A aumentou a expressão de AT1R sugerindo maior efeito protetor do P9 contra os efeitos deletérios do diabetes. Nossos resultados demonstraram a presença de AE na fração P9, e um possível novo composto na fração P9A. Tanto a AE que utilizamos como controle como a detectada na fração P9, tem ações diretas sobre o SRA nunca antes estudado, evidenciando uma inibição da renina, lembrando uma similaridade com o alisquireno. Ambas as frações purificadas de A.vera, inibem a atividade da renina, sendo possíveis potenciais compostos para o tratamento do diabetes e hipertensão.
Keywords células mesangiais
sistema renina-angiotensina
aloe vera
Language Portuguese
Date 2015-01-28
Published in ARITA, Lilian Saemi. Efeitos de aloe barbadensis (aloe vera) em células mesangiais humanas cultivadas em meio com alta concentração de glicose: possíveis mecanismos regulatórios no sistema renina-angiotensina. 2015. Tese (Doutorado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2015.
Research area Medicina
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2375942
Access rights Closed access
Type Thesis
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/48239

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account