Show simple item record

dc.contributor.advisorSpadari, Regina Celia [UNIFESP]pt
dc.contributor.authorArruda, Gustavo Henrique Araujo de [UNIFESP]
dc.date.accessioned2018-07-30T11:45:31Z
dc.date.available2018-07-30T11:45:31Z
dc.date.issued2013-03-27
dc.identifierhttps://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=108329pt
dc.identifier.citationARRUDA, Gustavo Henrique Araujo de. Efeito da periodização de cargas concentradas sobre as concentrações salivares de testosterona e cortisol e o desempenho em nadadores. 2013. 101f. Dissertação (Mestrado) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo, Santos, 2013.
dc.identifier.urihttps://repositorio.unifesp.br/handle/11600/47976
dc.description.abstractThe characteristic of swimming and its competitive requirement make its practice stressful, both in physical and psychological terms. The hormones testosterone and cortisol mediate anabolism or catabolism states, respectively. The testosterone/cortisol ratio (T/C) indicates the athlete's metabolic condition and enables the assessment and control of physical training loads. This study aims to analyze the effect of a training protocol based on concentrated loads in the performance and salivary levels of cortisol and testosterone. In the experiment 1, four experienced swimmers participated in the training and provided samples on days off before the beginning and during the periodization. We assessed performance, perceptions of effort and stress. The program promoted performance improvements and was subjectively rated as highly intense and with moderate stress. The hormonal profile of three athletes were considered normal, while an athlete showed flattened diurnal rhythm of cortisol in addition to inverted pattern in testosterone concentration at differ ent times of the program. The T/C ratio showed predominance of catabolic state to three athletes in at least one moment of the protocol. In experiment 2, seventeen firefighters distributed into experimental group (n = 10, underwent the swimming protocol) and control (n = 7) had their samples analyzed for salivary cortisol concentrations. The program was subjectively rated as little stressful and did not promote changes in cortisol levels. It was concluded that the proposed training protocol effectively improved athletes’ performance, without causing adverse changes in salivary cortisol and testosterone levels and that the presence of the coach together with the athletes during the training is absolutely required for its success.en
dc.description.abstractA característica e necessidade competitiva da natação tornam o seu treinamento estressante tanto do ponto de vista físico quanto psicológico. Os hormônios testosterona (T) e cortisol (C) medeiam estados de anabolismo ou catabolismo, respectivamente, que podem ser indicados pela razão T/C. O presente estudo objetiva analisar o efeito de um protocolo de treinamento para nadadores baseado na concentração de cargas sobre o desempenho e as concentrações salivares de cortisol e testosterona. No experimento 1, quatro atletas de natação experientes participaram do treinamento e forneceram amostras em dias de repouso antes e durante a periodização. Foram feitas avaliações de desempenho e das percepções subjetivas de esforço e de estresse. O perfil da produção de C e T de três atletas foi considerado normal, enquanto um atleta apresentou o ritmo diurno de cortisol achatado, além de padrão invertido na concentração de testosterona em momentos distintos do programa. A razão T/C mostrou estado catabólico para três dos atletas em pelo menos um momento do protocolo. O programa promoveu melhora de desempenho e foi classificado subjetivamente como altamente intenso e moderadamente estressante. No experimento 2, dezessete bombeiros distribuídos em grupo experimental (n=10, submetidos ao protocolo de natação) e controle (n=7) tiveram suas amostras analisadas para as concentrações salivares de cortisol, de modo a avaliar a carga absoluta do treinamento. O programa foi classificado subjetivamente como pouco estressante e não promoveu mudanças, apesar de diferença estatística na resposta do cortisol ao acordar do grupo experimental durante o desenvolvimento do protocolo, em relação ao grupo controle. Concluiu-se que o protocolo de treinamento proposto foi eficiente em melhorar o desempenho dos atletas sem promover alterações hormonais prejudiciais e que a presença do treinador junto à equipe em todos os momentos do treino é fundamental para o sucesso de qualquer programa de treinamento.pt
dc.format.extent101 p.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rightsAcesso restrito
dc.subjectTrainingen
dc.subjectCortisolen
dc.subjectTestosteroneen
dc.subjectSwimmersen
dc.subjectBlock trainingen
dc.subjectTreinamentopt
dc.subjectCortisolpt
dc.subjectTestosteronapt
dc.subjectNadadorespt
dc.subjectTreinamento em blocospt
dc.titleEfeito da periodização de cargas concentradas sobre as concentrações salivares de testosterona e cortisol e o desempenho em nadadorespt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)pt
dc.identifier.file2013-0383.pdf
dc.description.sourceDados abertos - Sucupira - Teses e dissertações (2013 a 2016)
unifesp.campusSantos, Instituto de Saúde e Sociedade (ISS)pt
unifesp.graduateProgramInterdisciplinar em Ciências da Saúdept
unifesp.knowledgeAreaMultidisciplinarpt
unifesp.researchAreaInterdisciplinarpt


Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record