Tendências de mudanças em um grupo de escolas médicas brasileiras

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2009-01-01
Autores
Lampert, Jadete Barbosa
Costa, Nilce Maria da Silva Campos
Perim, Gianna Lepre
Abdalla, Ively Guimarães [UNIFESP]
Aguilar-da-Silva, Rinaldo Henrique
Stella, Regina Celes de Rosa [UNIFESP]
Orientadores
Tipo
Artigo
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
The purpose of this study of Caem/Abem conducted in a group of twenty-eight Brazilian medical schools was to show the trends in the changes made for meeting the National Curricular Guidelines and consolidating the Brazilian Health System and represents the first stage of the Project for evaluating the change trends in the undergraduate courses of the Brazilian medical schools. The schools answered the self-evaluation instrument according to the proposed methodology. The results show that the course is perceived as inter-relation of five main axes: the world of work, the pedagogical project, the pedagogical approach, sceneries of practice and qualification of teachers. In the perception of their social actors, the greater part of the schools of this group (75%) can be classified as advanced and innovative, strongly tending to the transformations commended for the health sector. The item Qualification of Teachers shows minor advances than the others, indicating in this moment of the process a disproportion in the dynamics of actions for consolidating the changes. It shows the need for deepening the study by developing evaluation processes and constructing qualitative and quantitative indicators that allow identifying and monitoring the changes.
Realizado com um grupo de 28 escolas médicas brasileiras, este estudo mostra as tendências de mudanças para atender às Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN) com perspectiva de consolidação do Sistema Único de Saúde (SUS). Faz parte do primeiro momento do projeto de avaliação de tendências de mudanças nos cursos de graduação das escolas médicas brasileiras, da Comissão de Avaliação das Escolas Médicas da Associação Brasileira de Educação Médica (Caem/Abem). As escolas responderam ao instrumento de pesquisa oferecido para sua auto-avaliação segundo a metodologia proposta, com resultados que mostram a percepção do curso como um todo na inter-relação de cinco eixos: Mundo do Trabalho, Projeto Pedagógico, Abordagem Pedagógica, Cenários da Prática e Desenvolvimento Docente. A maioria das escolas deste grupo (75%), na percepção de seus atores sociais, apresenta tipologia avançada e inovadora com tendência avançada para as transformações preconizadas no setor saúde. O eixo Desenvolvimento Docente mostra avanços menores em relação aos demais, o que sinaliza, neste momento do processo, um descompasso na dinâmica das ações para consolidar as mudanças. Demonstra a necessidade de aprofundar o estudo com o desenvolvimento dos processos avaliativos, que requer a construção de indicadores qualitativos e quantitativos capazes de auxiliar a identificação, o acompanhamento e a efetivação das mudanças.
Descrição
Citação
Revista Brasileira de Educação Médica. Associação Brasileira de Educação Médica, v. 33, p. 19-34, 2009.
Coleções