Avaliação em enfermagem de pessoas com úlceras cutâneas por pênfigo vulgar

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2016-08-30
Autores
Costa, Mariana Takahashi Ferreira [UNIFESP]
Orientadores
Gamba, Monica Antar [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
It is essential to enunciate the nursing assessment of people with pemphigus vulgaris skin ulcers under the lens of dermatology. The disease, although considered rare, has a high prevalence in Brazil. This study aims to unveil the nursing assessment of people with pemphigus vulgaris in the light of dermatology. Method: This is a descriptive and exploratory study conducted in four stages: an integrative literature review, characterization of pemphigus skin ulcers according to skin elementary lesions, natural history of the disease and nursing care for people with pemphigus vulgaris and finally the clinical analysis of a number of cases. The dependent variable was the presence of the ulcer and the independent variables were elementary lesions and clinical criteria such as pain and skin epithelialization. The data were analyzed descriptively. Results: The results allowed us to analyze: 1. the studies evaluating the ulcers were performed with medical focus and the nomenclature used to describe pemphigus skin ulcers according to the level of evidence of the studies was based on elementary lesions, i. e. update and validation studies in the light of dermatological glossary: color changes: vascular and blood stains, described in the studies as new erythema; pigmentary spots: post-inflammatory hyperpigmentation; fluid collections: blisters and bubbles; thickness changes and tissue loss - erosion, eroded areas, erosive lesions, crust and epithelialization. The disease natural history describes the nursing assessment for patients? comfort and allows the implementation of a clinical intervention with satisfactory results on pain control and ulcer epithelialization. Conclusion: The standardization of the nomenclature used to describe the skin ulcers in pemphigus is a tool that allows a safer patient care. The low level of evidence of the studies points to the need to conduct controlled studies to corroborate the best nursing practice in dermatology.
É condição essencial enunciar a avaliação em enfermagem das pessoas com úlceras cutâneas no pênfigo vulgar sob a ótica da dermatologia. A doença, embora considerada rara, tem alta magnitude no Brasil. Este estudo visa desvelar, à luz da enfermagem dermatológica, a avaliação em enfermagem de pessoas com pênfigo vulgar. Método: Trata-se de estudo descritivo e exploratório realizado em quatro etapas: revisão integrativa da literatura, caracterização das úlceras cutâneas no pênfigo segundo as lesões elementares dermatológicas, descrição da história natural da doença e os cuidados de enfermagem às pessoas com pênfigo vulgar e por fim a análise clínica de uma série de casos. A variável dependente foi a presença da úlcera e as independentes foram lesões elementares e critérios clínicos tais como a dor e a epitelização cutânea. Os dados foram analisados descritivamente. Resultados: os resultados permitiram analisar: 1. os estudos que avaliavam as úlceras foram realizados com enfoque médico e a nomenclatura utilizada para descrever as úlceras cutâneas no pênfigo, de acordo com o nível de evidência, foi baseada na descrição das lesões elementares, ou seja, estudos de atualização e validação sob a perspectiva do glossário dermatológico: alterações da cor: manchas vásculo-sanguíneas, descritas nos estudos como: eritema novo; manchas pigmentares: hiperpigmentação pós-inflamatória; coleções líquidas: vesículas e bolhas; alterações de espessura e perdas teciduais: erosões, áreas erodidas, lesões erosivas, crosta, epitelização. A história natural da doença descreve a assistência de enfermagem para o conforto dos pacientes e permite implantar uma intervenção clínica com resultados satisfatórios no controle da dor e epitelização da úlcera. Conclusão: A padronização da nomenclatura utilizada para descrever as úlceras cutâneas no pênfigo é uma ferramenta que permite uma assistência mais segura. O baixo nível de evidência dos estudos encontrados aponta para a necessidade da realização de ensaios controlados para corroborar a melhor prática de enfermagem em dermatologia.
Descrição
Citação
COSTA, Mariana Takahashi Ferreira. Avaliação em enfermagem de pessoas com úlceras cutâneas por pênfigo vulgar. 2016. 152 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2016.