Imigração e saúde: estratégias de acesso à atenção básica aos imigrantes bolivianos

Show simple item record

dc.contributor.advisor Gomes, Mara Helena de Andrea Gomes [UNIFESP] pt
dc.contributor.author Gomes, Maria da Penha Silva [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2018-07-27T15:51:16Z
dc.date.available 2018-07-27T15:51:16Z
dc.date.issued 2014-11-28
dc.identifier https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=1507431 pt
dc.identifier.citation GOMES, Maria da Penha Silva. Imigração e saúde: estratégias de acesso à atenção básica aos imigrantes bolivianos. 2014. 107 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2014.
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/47038
dc.description.abstract Backgroud: From the ambiance of Brazilian legislation and international agreements, the issue of health is assumed as the universal right guaranteed not only by the Federal Constitution (1988), but also by the Organic Law of Health, which implemented the 8080/90 Single Health System (SUS- in Portuguese) and contains articles that guarantee equal access to foreign social services. In the health service, was the model for health care delivery of primary care, along with the guidelines of the Family Health Program (now the Family Health Strategy) that made possible the access of immigrants, including Bolivians in the health department of the municipality São Paulo. Objectives: This study aims to record the history of started as access for Bolivian immigrants working and residing in the Bom Retiro, the city of São Paulo neighborhood, in the public health service for care in Primary Care. Also seeks to understand the development of strategies aimed at the health service to immigrant populations - with clipping in the population of Bolivians - all based on public service policy of the Unified Health System (SUS) that strives for universality of Service in the country. Methods: This dissertation case study consisted of interviews with professionals in the health service, linked to the Technical Health Supervision of Sé and Basic Health Unit Bom Retiro "Dr. Octavio Augusto Brill ", São Paulo, from March to April 2014, over a structured questionnaire with script - as the results achieved. Results: We performed the record of how started Bolivian immigrants access to the public health service in Primary Care. We also understand and report the formulation of strategies aimed at the health service to immigrant populations. Moreover, we note the importance of the ESF in the development of practices of care, studies and surveys that have taken place from the work developed by the teams of ESF. Conclusions: Immigrants' access to health services is directly related to the service model adopted in 2001 by the Municipality of São Paulo, the Primary Care. At the time, this model of health care became effective in the city, ensuring access to health services for the residents and workers in São Paulo. en
dc.description.abstract Contextualização: A partir da ambientação da legislação brasileira e dos acordos internacionais, a questão da Saúde é assumida enquanto direito universal garantido não só pela Constituição Federativa (1988), mas também pela e Lei Orgânica da Saúde, 8080/90 que implantou o Sistema Único de Saúde contém artigos que garantem a igualdade de acesso para estrangeiros nos serviços sociais. No serviço de saúde, foi o modelo de atendimento em saúde da Atenção Básica, juntamente com as diretrizes do Programa Saúde da Família (atual Estratégia Saúde da Família) que tornaram isso possível para os imigrantes, inclusive os bolivianos, no município de São Paulo. Objetivo: registrar o início do acesso dos imigrantes bolivianos, que trabalham e residem no bairro do Bom Retiro, da cidade de São Paulo, no serviço de saúde pública pelo atendimento na Atenção Básica. Também buscar compreender a formulação de estratégias no serviço de saúde voltadas à esse grupo migrante. Para tanto, considerou-se a política pública de atendimento do Sistema Único de Saúde que prima pela universalidade do Atendimento no território nacional. Métodos: estudo de caso que consistiu na realização de entrevistas com 03 profissionais do serviço de saúde da rede pública municipal, vinculados à Supervisão Técnica de Saúde da Sé e à UBS Bom Retiro ?Doutor Octávio Augusto Rodovalho?, município de São Paulo, SP, no período de março a abril de 2014. Com um questionário de 06 perguntas, estruturadas e semidirigidas buscou-se coletar o relato dos entrevistados. Quanto os resultados alcançados. Resultados: a partir da pesquisa registrou-se o início do acesso dos imigrantes bolivianos, ao serviço de saúde pública pelo atendimento na Atenção Básica. Também compreendemos e relatamos a formulação de estratégias no serviço de saúde voltadas para as populações imigrantes. Por outro lado, constatamos a importância da Estratégia Saúde da Família no desenvolvimento das práticas de atendimento, dos estudos e pesquisas que tiveram lugar a partir dos trabalhos desenvolvidos pelas equipes de Saúde da Família. Conclusão: O acesso dos imigrantes no serviço de saúde está diretamente relacionado ao modelo de atendimento adotado, em 2001, pelo município de São Paulo, a Atenção Básica. Na ocasião, esse modelo de atendimento em saúde passou a vigorar na cidade, garantindo o acesso para habitantes da cidade de São Paulo. pt
dc.description.sponsorship Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.description.sponsorship Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
dc.format.extent 107 p.
dc.language.iso por
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rights Acesso aberto
dc.subject immigration and health en
dc.subject access en
dc.subject primary care en
dc.subject descriptive study en
dc.subject imigração e saúde pt
dc.subject acesso pt
dc.subject atenção básica pt
dc.subject estudo descritivo pt
dc.title Imigração e saúde: estratégias de acesso à atenção básica aos imigrantes bolivianos pt
dc.title.alternative Immigration and Health: strategies of access to basic health care to Bolivian immigrants en
dc.type Dissertação de mestrado
dc.contributor.institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) pt
dc.identifier.file DISSERTAÇÃO_Maria da Penha Gomes.pdf
dc.description.source Dados abertos - Sucupira - Teses e dissertações (2013 a 2016)
unifesp.campus São Paulo, Escola Paulista de Medicina (EPM) pt
unifesp.graduateProgram Saúde Coletiva pt
unifesp.knowledgeArea Ciências da saúde pt
unifesp.researchArea Saúde coletiva pt



File

Name: DISSERTAÇÃO_Maria da Penha Gomes.pdf
Size: 1.841Mb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account