O kófa: etnografia sobre a velhice kaingang

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2015-06-24
Autores
Jahn, Alice do Carmo [UNIFESP]
Orientadores
Pereira, Pedro Paulo Gomes Pereira [UNIFESP]
Tipo
Tese de doutorado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
This thesis is the result of field work that brings the experience of a year of living together with the Kaingang, Southern Ge group, living in Upper Village Recreation / Indigenous Serrinha, located in the city of Ronda Alta - RS, region north the State. The indigenous population living on site is approximately 900 people. Ethnography was to know and analyze the elaborations of "old age" between Kaingang, and identify the knowledge that the social group triggers in your doing that characterizes this stage of life. The ethnographic research on the "old age" turned out to suggest that children are mediators of this construction. The Kaingang establish a construction around being Kofa.
Esta tese é fruto de um trabalho de campo que traz a experiência de um ano de convívio junto aos Kaingang, grupo Jê Meridional, que vivem na Aldeia do Alto Recreio/Terra Indígena Serrinha, localizada no município de Ronda Alta - RS, região ao norte do Estado. A população indígena que habita o local é de, aproximadamente, 900 pessoas. A etnografia buscou conhecer e analisar as elaborações de ?velhice? entre índios Kaingang, e identificar os saberes que o grupo social aciona em seu fazer que caracteriza essa etapa de vida. A pesquisa etnográfica sobre a ?velhice? acabou por sugerir que as crianças são mediadoras dessa construção. Os Kaingang estabelecem uma construção em torno de ser Kófa.
Descrição
Citação
JAHN, Alice do Carmo. O kófa: etnografia sobre a velhice kaingang. 2015. 140 f. Tese (Doutorado) - Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2015.