Show simple item record

dc.contributor.advisorBoscolo, Danilo [UNIFESP]pt
dc.contributor.authorSilva, Marina Isidoro [UNIFESP]
dc.date.accessioned2018-07-27T15:50:24Z
dc.date.available2018-07-27T15:50:24Z
dc.date.issued2015-07-31
dc.identifierhttps://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=3226064pt
dc.identifier.citationSILVA, Marina Isidoro. A quantidade de mata como principal influência em bandos mistos de aves de Mata Atlântica fragmentada. 2015. 61 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Evolução) - Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Diadema, 2015.
dc.identifier.urihttps://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46536
dc.description.abstractForest fragmentation and habitat loss are considered the major threats to biodiversity. Studies of the effects of these processes on the species should also include landscape analysis rather than just local analysis as in many studies. Among several possible landscape metrics, the landscape habitat amount has been highlighted and, in many studies, is considered as the most important for species persistence and environmental processes. Therefore, this study aimed at testing the effects of landscape forest amount on Atlantic Forest mixed-species bird flocks. Mixed flocks are associations of two or more species that interact for a time, space and direction and the survival of many species depends on this system. Changes in the forest amount could affect the mixed flocks negatively, thus the hypothesis of the study is that in landscapes with higher forest amount the flocks would be more frequent, larger and with higher species diversity. We selected seven landscapes in order to form a gradient of forest amount. In addition to this variable we also tested the effects of the size of the focal patch, the distance (isolation) of forest fragments and landscape diversity (heterogeneity) on the mixed flocks. To analyze our results we used the method of Generalized Linear Models (GLM) and subsequent selection of the most parsimonious models through the Akaike Information Criterion corrected for small samples. This study showed that forest amount is the landscape characteristic that exerts the greatest effect on the frequency, size and species richness of mixed flocks, being positive the relationship between these variables. Beyond the forest proportion, the distance of the forest patches also positively influenced the frequency of flocks. Regarding the flocks size and richness, multiple models have been selected, and the forest proportion was present in all of them. The other variables had a weak influence on these parameters. In combination with the forest proportion in multiple models, fragment size and landscape diversity influenced the flocks negatively and the distance, positively. These results are consistent with the habitat amount hypothesis and reinforce the importance of employing landscape metrics in ecological studies. The importance of forest amount for mixed flocks reflects how this variable is essential for the conservation of several bird species, for many of them depend on this system and its disappearance may lead to local extinction of these species.en
dc.description.abstractOs processos de fragmentação e perda de habitat são considerados as principais ameaças à biodiversidade. Os estudos dos efeitos destes processos sobre as espécies devem, também, incluir analises de paisagem e não somente análises locais como ocorre em muitos estudos. Dentre as diversas métricas de paisagem, a quantidade de habitat tem se destacado e, em muitos estudos, é considerada como a mais importante para persistência das espécies e dos processos ambientais. Assim, este estudo tem como objetivo testar os efeitos da quantidade de mata da paisagem sobre bandos mistos de aves de Mata Atlântica. Os bandos mistos são associações de duas ou mais espécies que interagem durante certo tempo, espaço e direção, sendo que, a sobrevivência de muitas espécies depende deste sistema. Alterações na quantidade de mata podem afetar os bandos mistos de forma negativa, com isso a hipótese do estudo é que em paisagens com maior quantidade de mata os bandos sejam mais frequentes, maiores e com mais diversidade de espécies. Selecionamos sete paisagens de modo a formar um gradiente de quantidade de mata. Além desta variável também testamos os efeitos do tamanho do fragmento focal, da distância (isolamento) dos fragmentos de mata e da diversidade (heterogeneidade) da paisagem sobre os bandos mistos. Para isto utilizamos o método dos Modelos Lineares Generalizados (do inglês, GLM) e posterior seleção do modelo mais parcimonioso pelo Critério de Informação de Akaike corrigido para pequenas amostras. Este estudo evidenciou que a variável de quantidade de mata da paisagem é a que exerce os maiores efeitos sobre a frequência, tamanho e riqueza de espécies dos bandos mistos, sendo positiva a relação entre estas variáveis. Além da proporção de mata, a distância dos fragmentos de mata também influenciou positivamente a frequência de bandos. Em relação ao tamanho e riqueza dos bandos, foram selecionados modelos múltiplos, sendo que a proporção de mata esteve presente em todos eles. As outras variáveis tiveram uma fraca influência sobre esses parâmetros. Em conjunto com a proporção de mata nos modelos múltiplos, o tamanho do fragmento e a diversidade da paisagem influenciaram os bandos negativamente e a distância, positivamente. Estes resultados estão de acordo com a hipótese de quantidade de mata e reforçam a importância da utilização de métricas de paisagem em estudos ecológicos. A importância da quantidade de mata para os bandos mistos reflete como esta variável é fundamental para a conservação de várias espécies de aves, já que muitas delas dependem deste sistema e seu desaparecimento pode levar à extinção local destas espécies.pt
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)pt
dc.description.sponsorshipFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)pt
dc.format.extent61 p.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo
dc.rightsAcesso aberto
dc.subjectConnectivityen
dc.subjectFragmentationen
dc.subjectHabitat amount hypothesisen
dc.subjectHabitat lossen
dc.subjectLandscapeen
dc.subjectConectividadept
dc.subjectFragmentaçãopt
dc.subjectHipótese da quantidade de hábitatpt
dc.subjectPaisagempt
dc.subjectPerda de hábitatpt
dc.titleA quantidade de mata como principal influência em bandos mistos de aves de Mata Atlântica fragmentadapt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)pt
dc.description.sponsorshipIDFAPESP: 2013/50421-1pt
dc.identifier.file2015-0212.pdf
dc.description.sourceDados abertos - Sucupira - Teses e dissertações (2013 a 2016)
unifesp.campusInstituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF)pt
unifesp.graduateProgramEcologia e Evoluçãopt
unifesp.knowledgeAreaBiodiversidadept
unifesp.researchAreaPadrões e Processos Ecológicospt


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record