Estudo de efetividade de um programa de atendimento psicossocial para adolescentes em vulnerabilidade social

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2016-01-19
Autores
Paula, Tassiane Cristine Santos de [UNIFESP]
Orientadores
Andreoli, Sergio Baxter [UNIFESP]
Tipo
Dissertação de mestrado
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Study the adherence to psychosocial care program and evaluate the effectiveness of this program with adolescents in social vulnerability for keep or return in school . Method: Naturalistic retrospective follow-up of 282 adolescents attended 2007 to 2012, in multidisciplinary intervention program with assumptions oh Harm Reduction approach. The condition of being studying after six months was evaluated among the individuals who adhered and those leaving the program. The intervention effect was evaluated by logistic regression models. Results: 55% boys; 60% urban area and 40% rural; 24% family income below of the poverty line; 23% school dropouts; 59% gap with school-age series; and 50% problem at school. The association between adherence to the intervention and be studying after 6 months was significant Odds = 6,86 (IC 95% - 2,70 ? 17,38), after controlling of the effect of others variables associated with outcome. Conclusion: The study showed that psychosocial care program, multidisciplinary preventive character and health promoter is effective in rehabilitation and school continuity adolescents in social vulnerability.
Estudar a adesão ao programa de atendimento psicossocial e avaliar a efetividade deste programa com adolescentes em vulnerabilidade social para mantê-lo ou reinseri-lo na escola. Método: Estudo de seguimento retrospectivo naturalístico de 282 adolescentes atendidos de 2007 a 2012, em programa de intervenção multidisciplinar com pressupostos da abordagem de Redução de Danos. A condição de estar estudando após seis meses foi avaliada entre os indivíduos que aderiram e os que abandonaram o programa. O efeito da intervenção foi avaliado por meio de modelos de regressão logística. Resultados: 55% meninos; 60% residiam em área urbana e 40% rural; 24% com renda familiar abaixo da linha da pobreza; 23% estavam evadidos da escola; 59% com defasagem idade-série escolar; e 50% com queixa de problemas na escola. A associação entre adesão à intervenção e estar estudando após 6 meses foi significante Odds = 6,86 (IC 95% - 2,70 ? 17,38), após o controle do efeito das outras variáveis associadas ao desfecho. Conclusão: O estudo mostrou que o programa de atendimento psicossocial, multidisciplinar de caráter preventivo e promotor de saúde é efetivo na reinserção e continuidade escolar do adolescente em vulnerabilidade social.
Descrição
Citação
PAULA, Tassiane Cristine Santos de. Estudo de efetividade de um programa de atendimento psicossocial para adolescentes em vulnerabilidade social. 2016. 75 f. Dissertação (Mestrado em Psiquiatria e Psicologia Médica) – Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2016