Show simple item record

dc.contributor.authorVeras, Renato Peixoto [UNIFESP]
dc.contributor.authorCaldas, Célia Pereira
dc.contributor.authorAraujo, Denizar Vianna [UNIFESP]
dc.contributor.authorMendes, Rosana Kuschniere Walter
dc.date.accessioned2015-06-14T13:38:41Z
dc.date.available2015-06-14T13:38:41Z
dc.date.issued2008-08-01
dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232008000400007
dc.identifier.citationCiência & Saúde Coletiva. ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva, v. 13, n. 4, p. 1119-1126, 2008.
dc.identifier.issn1413-8123
dc.identifier.urihttp://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4517
dc.description.abstractThe purpose of this study was to identify and analyze the assistance provided to the elderly by the supplementary health care system. Information was collected from interviews with managers of chronic diseases management programs and/or of specific programs in this area. Information was organized in cases and analyzed. Eleven companies operating private health plans in the cities of Rio de Janeiro and São Paulo were investigated. A general care model for the elderly was defined for the analysis. This model consists in a proposal for a care and assistance system hierarchically organized according to the deterioration of the functional capacity of the elderly (levels of dependence). None of the six companies that had health plans for the elderly already implemented provided full assistance to all enrolled seniors. There are major differences in the stage of development of their programs. Four companies had already implemented plans and two companies had plans in development. Even with the teams of managers and professionals working on some level within the advocated model, none of these companies followed any logic of integrated care and monitoring in all stages of the ageing process in accordance with the degree of dependence of the associate.en
dc.description.abstractO propósito deste estudo foi identificar e analisar atividades de atenção ao idoso no âmbito do sistema de saúde suplementar a partir de entrevistas com gestores de programas de gerenciamento de doenças crônicas e/ou programas específicos para este segmento. As informações coletadas foram organizadas na forma de casos e analisadas. Os dados se referem a onze empresas operadoras de planos privados de saúde nas cidades do Rio de Janeiro e São Paulo. Para a análise, foi definido um modelo geral de atenção ao idoso. Este modelo é uma proposta de hierarquização dos cuidados e da assistência, baseado na deterioração da capacidade funcional do idoso (grau de dependência). Entre as seis empresas que têm planos implantados, nenhuma empresa apresentou pleno atendimento a todos os idosos de suas respectivas carteiras. Há grandes diferenças quanto ao estágio de implantação de seus programas. Quatro empresas têm programas implantados e duas empresas têm programas em implantação. Mesmo quando a equipe de gestores e de profissionais atuava dentro de algum nível do modelo preconizado, não foi identificada em empresa alguma uma lógica de cuidado integral e monitoramento em todas as etapas do envelhecimento, visando uma continuidade das ações, de acordo com o grau de dependência do associado.pt
dc.format.extent1119-1126
dc.language.isopor
dc.publisherABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
dc.relation.ispartofCiência & Saúde Coletiva
dc.rightsAcesso aberto
dc.subjectElderlyen
dc.subjectSupplementary health care systemen
dc.subjectIdosopt
dc.subjectSistema de saúde suplementarpt
dc.titleA assistência suplementar de saúde e seus projetos de cuidado para com o idosopt
dc.title.alternativeElderly care in the supplementary health systemen
dc.typeArtigo
dc.contributor.institutionUniversidade Aberta da Terceira Idade
dc.contributor.institutionUniversidade do Estado do Rio de Janeiro
dc.contributor.institutionUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.contributor.institutionFundação Oswaldo Cruz Escola Nacional de Saúde Pública
dc.description.affiliationUniversidade Aberta da Terceira Idade
dc.description.affiliationUniversidade do Estado do Rio de Janeiro
dc.description.affiliationUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP) Departamento de Economia da Saúde
dc.description.affiliationFundação Oswaldo Cruz Escola Nacional de Saúde Pública
dc.description.affiliationUnifespUNIFESP, Depto. de Economia da Saúde
dc.identifier.fileS1413-81232008000400007.pdf
dc.identifier.scieloS1413-81232008000400007
dc.identifier.doi10.1590/S1413-81232008000400007
dc.description.sourceSciELO
dc.identifier.wosWOS:000261825500007


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record