TRH-TSH test in patients with schistosomiasis chronic forms

Nenhuma Miniatura disponível
Data
1996-06-01
Autores
Traina, Évelyn [UNIFESP]
Camacho-Lobato, Luciana [UNIFESP]
Borges, Durval Rosa [UNIFESP]
Orientadores
Tipo
Artigo
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Diversas alterações na concentração sérica dos hormônios tiroidianos têm sido descritas em associação a doenças crônicas não-tiroidianas. Com relação às doenças hepáticas crônicas, a síndrome do T3 baixo foi descrita em pacientes cirróticos, enquanto a síndrome do T4 elevado foi encontrada em esquistossomóticos com a forma hepatoesplênica compensada. Com o intuito de verificar se as alterações relatadas na esquistossomose mansônica eram de origem periférica ou central, realizamos a prova do TRH-TSH em 12 pacientes esquistossomóticos puros (6 hepatointestinais e 6 hepatoesplênicos compensados) e em 5 indivíduos controle. Os resultados obtidos demonstram que o eixo hipotálamo-hipofisário é normal nas formas crônicas da esquistossomose e que provavelmente as alterações previamente relatadas devem ser 'periféricas e nãocentrais.
Descrição
Citação
Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo. Instituto de Medicina Tropical, v. 38, n. 3, p. 227-228, 1996.
Coleções