Show simple item record

dc.contributor.advisorGallian, Dante Marcello Claramonte [UNIFESP]pt_BR
dc.contributor.authorAdler, Maristela Schiabel [UNIFESP]
dc.coverage.spatialSão Paulopt_BR
dc.date.accessioned2018-06-04T19:14:33Z
dc.date.available2018-06-04T19:14:33Z
dc.date.issued2016-03-16
dc.identifierhttps://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=3799119pt_BR
dc.identifier.citationADLER, Maristela Schiabel. Aprendizado em Construção: as vozes da primeira turma da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de São Carlos. 2016. 154 f. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), 2016.
dc.identifier.urihttp://repositorio.unifesp.br/11600/41853
dc.description.abstractBackground: Medical education in Brazil undergoes curricula reforms aiming at integrating intellectual, affective and relational dimensions and valorizing critical and reflective thinking, self-management and practical training integrated with the Brazilian health system (SUS). In search of a pedagogical model that could address those current trends, the Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) established in 2006 the UFSCar Medical School, whose constructivist, competency based curriculum frames a practice based learning integrated into the SUS. Objective: The objective of this study was to analyze the perceptions of teachers and students from the first Class of graduates (Class of 2011) about the first six years of the UFSCar Medical School. Methods: The methodology used was the Life Oral History producing narratives from docents and students for qualitative data collection and analysis. Results: Despite reports of resistance to curriculum implementation, infrastructure deficiencies and insufficient planning, the narratives suggest that the curriculum favored the developement of competencies such as search capability, critical and reflective thinking self-manadged learning. The practice integrated into the SUS, especially within the Family Health Unities, (besides technical limitations and political conflicts) improved intellective, relational and affective dimensions of patient care, favoring professional autonomy. Ethical and humanistic skills, as well as conflicts and challenges permeated all pedagogical activities, converging to a humanistic and humanized medical practice.en
dc.description.abstractIntrodução: O ensino médico no Brasil passa por reformas curriculares que objetivam integrar dimensões intelectivas, afetivas e relacionais e que valorizam o pensamento crítico-reflexivo, o autogerenciamento do estudo e a formação prática integrada ao SUS. Em busca de um modelo pedagógico que contemplasse essas tendências atuais, a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) implantou, em 2006, a Faculdade de Medicina da UFSCar, cujo currículo construtivista, baseado em competências, molda um aprendizado baseado na prática e integrado ao SUS. Objetivo: Este estudo teve como objetivo analisar as percepções de docentes e alunos da Primeira Turma (Turma de 2011) sobre os primeiros anos da Faculdade de Medicina da UFSCar. Métodos: A metodologia empregada foi a História Oral de Vida, com a produção de narrativas de docentes e estudantes do curso, para a coleta e análise qualitativa dos dados. Resultados: as narrativas sugerem que o currículo favoreceu o desenvolvimento de competências como capacidade de busca, pensamento crítico-reflexivo e autogerenciamento do aprendizado, apesar de relatos de resistência à implementação do currículo, deficiências em infraestrutura e planejamento insuficiente. A prática integrada ao SUS, especialmente nas Unidades de Saúde da Família (apesar das limitações técnicas e conflitos políticos), aprimorou as dimensões intelectivas, relacionais e afetivas do cuidado dos pacientes, favorecendo a autonomia profissional. As habilidades éticas e humanísticas, assim como os conflitos e desafios, permearam todas as atividades pedagógicas, convergindo para uma prática médica humanista e humanizada.pt_BR
dc.format.extent154 f.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rightsAcesso aberto
dc.subjectEducação de graduação em medicinapt_BR
dc.subjectAprendizagem baseada em competênciaspt_BR
dc.subjectAprendizagem baseada em problemaspt_BR
dc.subjectSistema Único de Saúdept_BR
dc.subjectHumanização da assistênciapt_BR
dc.titleAprendizado em Construção: as vozes da primeira turma da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de São Carlospt_BR
dc.title.alternativeKnowledge under construction: the voices of the first class of graduates from the Universidade Federal de São Carlos Medical Schoolen
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)pt_BR
dc.identifier.file2016-0004.pdf
dc.description.sourceBV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campusEscola Paulista de Medicina (EPM)pt_BR
unifesp.graduateProgramSaúde Coletiva – EPMpt_BR
unifesp.knowledgeAreaPolítica, Planejamento e Gestão em Saúdept_BR
unifesp.researchAreaProcesso e gestão do trabalho e(m) saúdept_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/3896827914383636pt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/6044992821022223en
dc.subject.cnpqSaúde Coletivapt_BR


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record