Avaliação da flebografia orbitária em oito casos de síndrome de Tolosa-Hunt

Nenhuma Miniatura disponível
Data
1994-06-01
Autores
Nalli, D.r. [UNIFESP]
Malheiros, Suzana Maria Fleury [UNIFESP]
Nogueira, R.g. [UNIFESP]
Abdala, Nitamar [UNIFESP]
Caldas, J.g.p. [UNIFESP]
Carrete Junior, Henrique [UNIFESP]
Massaro, A.r. [UNIFESP]
Orientadores
Tipo
Artigo
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Tolosa-Hunt syndrome (THS), or painful ophthalmoplegia is associated to a non-specific granulomatosis of unknown etiology, that involves the superior orbital fissure and its nervous and vascular structures. The clinical picture that responds to steroid therapy, is variable and is always associated with pain. Inflammatory conditions, tumors and aneurysms can produce similar symptoms. Computed tomography, cerebral angiography and orbital phlebography are the imaging methods of choice for making the diagnosis. We revised the results of these radiological examinations of eight patients seen at the Hospital São Paulo from 1989 to 1991, with the diagnosis of THS according to Hunt and Hannerz criteria. The analysis of orbital phlebography changes based upon Hannerz et al. systematization showed non-specific features, but those were able to help the diagnosis.
A Síndrome de Tolosa-Hunt (STH) ou oftalmoplegia dolorosa é associada a granulomatose inespecifica de etiologia desconhecida que acomete a fissura orbitária superior. Compromete estruturas nervosas e vasculares causando quadro clínico variável que sempre se associa a dor e apresenta resposta favorável à corticoterapia. Processos inflamatórios, tumores e aneurismas dessa região podem causar sintomas semelhantes. A tomografia computadorizada, a angiografia cerebral e a flebografia orbitária são métodos de imagem indicados para orientar o diagnóstico. Revisamos os resultados destes exames radiológicos de oito pacientes atendidos no Hospital São Paulo no período 1989 a 1991, com diagnóstico de STH segundo os critérios de Hunt e Hannerz. A análise das alterações da flebografia orbitária, de acordo com a sistematização feita por Hannerz e col. mostrou ser este exame inespecífico, porém capaz de orientar melhor o diagnóstico.
Descrição
Citação
Arquivos de Neuro-Psiquiatria. Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO, v. 52, n. 2, p. 231-236, 1994.