Eletromanometria esofágica e pHmetria de 24 horas na avaliação pós-operatória da hiatoplastia e válvula anti-refluxo total laparoscópica

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2006-06-01
Autores
Pastore, Ricardo
Crema, Eduardo
Silveira, Mariana De Carvalho
Presoto, Adriana Ferreira
Herbella, Fernando Augusto Mardiros [UNIFESP]
Del Grande, José Carlos [UNIFESP]
Orientadores
Tipo
Artigo
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
BACKGROUND: The electromanometry and 24-hour esophageal pHmetry has been proposed as objective method in postoperative evaluation of antireflux surgery. AIM: Prospective evaluation of the results of cruroplasty and total fundoplication in the treatment of non-complicated gastroesophageal reflux disease based on comparative results of pre and post operative manometry and pHmetry findings. METHODS: Fifty-nine consecutive individuals with typical symptoms of gastroesophageal reflux disease were prospectively studied. All patients were submitted to a laparoscopic short floppy Nissen fundoplication between March, 2002 and August, 2003. All patients were submitted pre and postoperatively (3 months) to upper digestive endoscopy, manometry and pHmetry 24 hours. RESULTS: Eighteen (30.5%) patients were male and 41 (69.5%) female, their average age was 43.8 years. There were differences comparing the pre and post operative period in the manometrical findings in the following items: localization of the lower esophageal sphincter (41.2 cm and 42.3 cm). Extension o f the lower esophageal sphincter preoperative (2.0 cm and 2.5 cm), resting pressure of the lower esophageal sphincter (15.0 mm Hg and 21.5 mm Hg), and pressure of the esophageal body (78.0 mm Hg and 70.0 mm Hg). There were differences comparing the pre and post operative period in the pHmetrical findings in the following items: total number of acid refluxes (68.0 and 3.0), total number of acid refluxes more than 5 minutes (2.0 and 0.0), acid reflux more than 5 minutes in supine position (1.0 and 0.0), acid reflux more than 5 minutes in upright position (0.0 and 0.0), acidification period (5.5 and 0.1 min), DeMeester score (33.0 and 0.8). CONCLUSIONS: The esophageal manometry and pHmetry findings were improved in the post operative period with statistical significance when compared to the pre operative period. The exams were considered efficient in the evaluation of the surgical procedure.
RACIONAL: A operação de short floppy Nissen tem como objetivo tratar o refluxo gastroesofágico. Avaliações clínicas e endoscópicas de sua eficiência têm sido demonstradas por diferentes autores, porém estudos comparando pHmetria ácida de 24 horas com exames realizados no pré e pós-operatório têm sido pouco freqüentes. OBJETIVOS: Avaliar os resultados da hiatoplastia e válvula anti-refluxo total laparoscópica no tratamento da doença do refluxo gastroesofágico não complicada através de estudo comparativo pré e pós-operatório de aspectos manométricos e pHmétricos. MÉTODOS: Cinqüenta e nove indivíduos com sintomas típicos de refluxo gastroesofágico submetidos a cirurgia de short floppy Nissen por laparoscopia foram estudados prospectiva e consecutivamente no período de março de 2002 a agosto de 2003. Realizou-se no período pré e pós-operatório, em um tempo mínimo de 3 meses, endoscopia digestiva alta, manometria esofágica e pHmetria ácida de 24 horas. RESULTADOS: Dezoito (30,5%) doentes eram do sexo masculino e 41 (69,5%) do feminino, com idade média de 43,8 anos. Houve diferença nos seguintes achados manométricos, quando comparados no período pré e pós-operatório: localização do esfíncter inferior do esôfago em relação à borda nasal; extensão do esfíncter inferior do esôfago; pressão de repouso do esfíncter inferior do esôfago; pressão do corpo esofágico. Houve diferença nos seguintes achados pHmétricos quando comparados no período pré e pós-operatório: redução do número de refluxo ácidos totais; número de refluxos ácidos prolongados; número de refluxos ácidos prolongados em decúbito dorsal; número de refluxos ácidos prolongados em posição ereta; fração de tempo de acidificação em minutos; índice de DeMeester. CONCLUSÕES: A eletromanometria e a pHmetria esofágicas mostraram melhora em cada um dos seus parâmetros com significância estatística entre os pacientes no período pré e pós-operatório de hiatoplastia e válvula anti-refluxo, demonstrando a eficiência do procedimento operatório quando avaliado por esses exames.
Descrição
Citação
Arquivos de Gastroenterologia. Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBGSociedade Brasileira de Hepatologia - SBHSociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED, v. 43, n. 2, p. 112-116, 2006.