Questionário específico para sintomas do joelho Lysholm Knee Scoring Scale: tradução e validação para a língua portuguesa

Nenhuma Miniatura disponível
Data
2006-01-01
Autores
Peccin, Maria Stella [UNIFESP]
Ciconelli, Rozana Mesquita [UNIFESP]
Cohen, Moises [UNIFESP]
Orientadores
Tipo
Artigo
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Resumo
Knee diseases present variable consequences for an individual s function and quality of life. For the purposes of translating, validating and checking the measurement properties of the specific questionnaire for knee symptoms - the Lysholm Knee Scoring Scale - into Portuguese, we selected, for convenience, 50 patients (29 males and 21 females, mean age = 38.7 years) with knee injuries (meniscal injury, anterior cruciate ligament injury, chondromalacia or arthrosis). Reproducibility and ordinal consistency inter- and intra-interviewer were excellent (alpha = 0.9). The nominal consistency inter-interviewers was good (Kappa = 0.7) and intra-interviewer was excellent (Kappa = 0.8). During validation process, we correlated the Lysholm questionnaire with the pain numerical scale (r=-0.6; p=0.001) and with he Lequesne index (r= -0.8; p=0.001). Correlations between Lysholm questionnaire and the global health evaluation by patient and by therapist were poor and not significant. The correlations between Lysholm questionnaire and SF-36 were significant for physical aspects (r = 0.4; p = 0.04), pain (r = 0.5; p = 0.001) and function (r = 0.7; p = 0.0001). We concluded that the translation and cultural adaptation of the Lysholm knee scoring scale into our language have proven to be reproducible and valid in patients with meniscal injury, anterior cruciate ligament injury, chondromalacia or knee arthrosis.
As doenças do joelho apresentam conseqüências variadas para a função e a qualidade de vida do indivíduo. Para traduzir, validar e verificar as propriedades de medida do questionário específico para sintomas do joelho Lysholm Knee Scoring Scale para a língua portuguesa, selecionamos, por conveniência, 50 pacientes (29 homens e 21 mulheres, média de idade 38,7 anos) com lesão de joelho (lesão meniscal, lesão do ligamento cruzado anterior, condromalácia ou artrose). A reprodutibilidade e a concordância ordinal inter e intra-entrevistador foram excelentes (alfa = 0,9). A concordância nominal inter-entrevistadores foi boa (Kappa = 0,7) e intra-entrevistador, excelente (Kappa = 0,8). No processo de validação, correlacionamos o questionário Lysholm com a escala numérica da dor (r=-0,6; p=0,001) e com o índice de Lequesne (r= -0,8; p=0,001). As correlações entre o Lysholm e a avaliação global da saúde pelo paciente e pelo terapeuta apresentaram-se fracas e não significantes. As correlações entre o questionário Lysholm e o SF-36 foram significantes nos aspectos físicos (r = 0,4; p = 0,04), de dor (r = 0,5; p = 0,001) e de capacidade funcional (r = 0,7; p = 0,0001). Concluímos que a tradução e adaptação cultural do Lysholm knee scoring scale para o nosso idioma apresentou reprodutibilidade e validade em pacientes com lesão meniscal, lesão do ligamento cruzado anterior, condromalácia ou artrose do joelho.
Descrição
Citação
Acta Ortopédica Brasileira. Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, v. 14, n. 5, p. 268-272, 2006.