Show simple item record

dc.contributor.authorBatista, Carlos Augusto Marques [UNIFESP]
dc.date.accessioned2015-12-06T23:46:58Z
dc.date.available2015-12-06T23:46:58Z
dc.date.issued2007
dc.identifier.citationSão Paulo: [s.n.], 2007. 58 p.
dc.identifier.urihttp://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23475
dc.description.abstractObjetivo: Estudar experimentalmente, em ratos, o processo de cicatrizacao da aponeurose da parede abdominal anterior, comparando sua sintese com o fio de poliamida monofilamentar 3-0 e com o adesivo N-butil-2-cianoacrilato (Histoacryl®), utilizando como criterios de avaliacao os resultados encontrados em relacao ao tempo de sintese, a forca de ruptura da parede abdominal e a avaliacao morfologica. Metodos: O estudo foi realizado em 44 ratos Wistar, que foram pesados e divididos aleatoriamente em quatro grupos, de acordo com o material de sintese (fio e adesivo cirurgico) e o tempo de reoperacao (7 e 14 dias). Apos uma incisao de 4 cm na aponeurose, 22 animais foram submetidos a sintese com o fio de poliam ida e os outros 22 animais com o adesivo proposto, sendo o tempo de sintese medido em segundos. Apos o procedimento, aguardou-se um periodo de 7 e 14 dias, quando os animais, 11 de cada grupo, foram novamente pesados e submetidos a eutanasia, sendo realizado a avaliacao macroscopica da ferida operatoria, mensuracao da forca de ruptura da parede abdominal e estudo histologico das bordas da incisao. A analise estatistica foi realizada atraves de um modelo de analise de variancia e de riscos proporcionais de Cox, considerando significantes valores de p < 0,05. Resultados: Os animais apresentaram uma perda media de 20 g, do dia da operacao para o dia da reoperacao. A sintese da aponeurose com o adesivo tecidual foi o metodo mais rapido. Apenas um animal, do grupo adesivo tecidual, apresentou pequeno abscesso local com deiscencia de sutura. Com relacao a forca de ruptura da aponeurose, o melhor desempenho foi do grupo adesivo tecidual, com 14 dias de pos-operatorio. Quanto ao estudo histologico, os resultados nao mostraram diferenca estatisticamente significante entre os dois grupos. Conclusoes: O trabalho permitiu concluir que em ratos, o estudo do processo de cicatrizacao da aponeurose da parede abdominal anterior mostrou que tanto a sintese com o adesivo N-butil-2-cianoacrilato como com o fio de poliam ida monofilamentar 3-0 nao apresentou diferenca estatisticamente significante na avaliacao morfologica, enquanto que a sintese com o adesivo foi mais rapida e mais resistente ao teste de forca de ruptura no 14° dia do que a sintese com o fiopt
dc.format.extent58 p.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rightsAcesso restrito
dc.subjectCicatrizaçãopt
dc.subjectCianoacrilatospt
dc.subjectParede Abdominalpt
dc.titleEstudo comparativo da cicatrizacao da aponeurose da parede abdominal anterior com a utilizacao do fio de poliamida monofilamentar 3-0 e o adesivo N-butil-2-cianoacrilatopt
dc.title.alternativeA comparative study of the healing process of the aponeurosis of the anterior addominal wall of rats after suturing with 3-0 nylon suture and N-butil-2-cyanoacrylate tissue adhesiveen
dc.typeDissertação de mestrado
dc.identifier.fileepm-710171053206.pdf
dc.description.sourceBV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campusUniversidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Medicinapt


Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record