Show simple item record

dc.contributor.authorAlbuquerque, Andre Luis Pereira de [UNIFESP]
dc.date.accessioned2015-12-06T23:46:52Z
dc.date.available2015-12-06T23:46:52Z
dc.date.issued2007
dc.identifier.citationSão Paulo: [s.n.], 2007. 148 p.
dc.identifier.urihttp://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23391
dc.description.abstractIntrodução: O estudo da limitacao ao esforco na doenca pulmonar obstrutiva cronica (OPOC) e essencial para o melhor entendimento dos mecanismos fisiopatologicos atuantes e suas alteracoes apos intervencoes terapeuticas. Neste contexto, a escolha do ergometro mais adequado pode ter papel determinante. A cicloergometria caracteriza-se por resultar em maior fadiga de membros inferiores em relacao a marcha. Em contrapartida, a hiperinsuflacao pulmonar dinamica (HO) - importante mecanismo fisiopatologico nesta doenca¬ e a sensacao de dispneia podem ser mais intensos em niveis submaximos na marcha, contribuindo para aumentar a sua sensibilidade na deteccao de beneficios apos intervencoes, como o uso de broncodilatadores inalatorios. Objetivos: Avaliar o impacto das respostas mecanico-ventilatorias e sensoriais respiratorias na reducao da tolerancia ao exercicio na marcha e na cicloergometria, assim como suas alteracoes apos o uso de broncodilatador inalatorio em pacientes com OPOC. Materiais e metodos: Trinta e tres pacientes (27 homens) com doenca moderada a grave (VEF1 38,3±12,2 por cento do previsto) foram submetidos, em dias separados, ao teste maximo incremental em esteira ergometrica e cicloergometro apos o uso de placebo ou formoterol (12 μg). Foram avaliadas, dinamicamente, as variaveis ventilatorias e metabolicas, com quantificacao, a cada 2 minutos, do grau de HO atraves da capacidade inspiratoria, alem dos escores de dispneia. A fadigabilidade de membro inferior foi mensurada 20 minutos apos o exercicio, utilizando-se a dinamometria isocinetica. Analise estatistica: Nas comparacoes dinamicas entre as modalidades de esforco (esteira vs cicloergometro) na condicao placebo, assim como suas respostas ao broncodilatador, foi utilizada a analise...(au)pt
dc.format.extent148 p.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rightsAcesso restrito
dc.subjectDoença Pulmonar Obstrutiva Crônicapt
dc.subjectExercíciopt
dc.subjectBroncodilatadorespt
dc.subjectMarchapt
dc.subjectErgometriapt
dc.titleInfluencia da estrategia de avaliacao ergometrica nas propriedades mecanico-ventilatorias pulmonares e suas respostas ao uso de broncodilatador inalatorio em pacientes com doenca pulmonar obstrutiva cronica estavelpt
dc.title.alternativeInfluence of exercice modality on lung mechanical-ventilatory response after placebo or inhaled bronchodilatador in patients with stable COPDen
dc.typeTese de doutorado
dc.identifier.fileepm-708091000596.pdf
dc.description.sourceBV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campusUniversidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Medicinapt


Files in this item

FilesSizeFormatView

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record